Picos - PI

Moradores denunciam abandono das escolas municipais de Picos

O caso mais emblemático na cidade é o da escola municipal Maria Gil. Todo o seu entorno está tomado por sujeira, depredação, lixo e bastante mato que tomou conta do terreno da escola.

08/11/2019 08h48 - atualizado 18h47

Moradores denunciam abandono nas escolas de Picos

As escolas municipais de Picos vivem uma situação de descaso da Secretaria de Educação, comandanda por Maria Rosilene Luz. Essa foi uma denúncia feita por moradores da comunidade escolar do município por meio de relatos, fotos e vídeos.

O caso mais emblemático na cidade é o da escola municipal Maria Gil. Todo o seu entorno está tomado por sujeira, depredação, lixo e bastante mato que tomou conta do terreno da escola.

Já no acesso até a quadra de esportes há esgoto a céu aberto, configurando um ponto propício para a proliferação de mosquitos e doenças. Além disso, não existe qualquer estrutura que garanta a segurança para alunos e população ao redor. Todos esses pontos também estão presentes em prédios e terrenos das demais escolas de Picos.

A falta de obras nas escolas não se dá por ausência de verba, já que no atual exercício, a dotação atualizada para despesas com construção, reformas e ampliação de escolas e creches é de R$ 3,5 milhões, tendo sido usados apenas R$ 500 mil. Os dados são do portal da Transparência de Picos.

Outro lado

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Educação de Picos informou que desde o início do ano letivo cerca de 20 escolas da zona urbana e rural foram totalmente reformadas e outras 2 estão em andamento. Quanto a Escola Municipal Maria Gil de Medeiros, a secretaria afirmou que foram realizados diversos mutirões de limpeza e o quadro de funcionários está completo.

Confira a nota na íntegra:

A Prefeitura Municipal de Picos por meio da Secretaria Municipal de Educação, vem a público esclarecer a respeito de denúncia falando que as escolas municipais de Picos estão abandonadas pela secretaria, o que não procede.

Desde o início do ano letivo cerca de 20 escolas da zona urbana e rural foram totalmente reformadas, outras 2 estão em andamento. Entre os serviços podemos citar piso, pintura, retelhamento, construção de muros e rampas de acessibilidade para as salas e, em alguns casos recuperação de todas as dependências da escola.

A denúncia fala do entorno da Escola Municipal Maria Gil de Medeiros, a Secretaria de Educação já realizou diversos mutirões de limpeza na escola e sempre que há disponibilidade envia equipes para realizar a limpeza do local. O problema não acontece nas dependências da escola e sim nas proximidades da quadra, mas uma equipe já se encontra no local realizando os serviços que são necessários para amenizar a situação.

A escola está toda pintada, com o quadro completo de funcionários (psicopedagogo, nutricionista, fonoaudiólogo, professores e vigia), instalação regularizada e banheiros em perfeita condição de uso.

A secretaria lembra ainda que todas as escolas que estão passando por reparos em suas dependências permanecem em pleno funcionamento de suas atividades, não havendo, portanto, prejuízos aos alunos.

Mais conteúdo sobre: