Um motociclista identificado como Antônio dos Santos Cabral, de 47 anos, morreu na noite desta quarta-feira (07), após ser arrastado por vários metros por um caminhão que transportava cimento, na Avenida Presidente Kennedy, próximo à casa de show Xamegão, zona leste da Capital. Ele trabalhava como pedreiro.

De acordo com populares que testemunharam o fato, o homem seguia na motocicleta entre o caminhão e um carro de passeio. Ele bateu na lateral do carro e acabou caindo embaixo do caminhão. Cabral teve a perna dilacerada e morreu ainda no local. O condutor do caminhão, que tem placa do estado do Ceará, permaneceu no local. Um longo congestionamento se formou na avenida.

Uma pessoa que trabalha próximo ao local do acidente, que preferiu não se identificar, disse ao GP1 que ouviu um forte barulho com a colisão. Foi ela que pegou a carteira da vítima e entrou em contato com os amigos do pedreiro para informar sobre o acidente.

“Eu ouvi um barulho muito alto e depois saímos para fora da loja e percebemos que tinha um homem embaixo do caminhão. Uma pessoa que estava atrás desse veículo, disse que viu o acidente e que o motoqueiro estava no corredor entre o caminhão e outro carro. Ele acabou batendo no veículo e entrou por debaixo do caminhão. Tentamos ajudar, mas ele já estava morto. O caminhoneiro ficou muito abalado e foi para uma loja aqui perto beber água e esperar a polícia chegar”, disse.

MAIS NA WEB