Mundo

Motorista deixa pelo menos 14 feridos em atropelamento na Austrália

Autoridades prenderam condutor do veículo, mas ainda não confirmaram se o caso se trata de terrorismo.

Nayrana Meireles
Teresina
21/12/2017 09h53 - atualizado 09h54

Pelo menos 14 pessoas, entre elas uma criança, ficaram feridas após serrem atropeladas em uma área movimentada de Melbourne, segunda maior cidade da Austrália, na manhã desta quinta-feira (21).

De acordo com informações doEstadão, as autoridades australianas prenderam duas pessoas, entre elas o motorista, mas afirmaram que ainda não é possível fazer uma conexão entre o caso e terrorismo. Várias ambulâncias e serviços de emergência foram para o local e 13 vítimas estão hospitalizadas, algumas em estado grave.

  • Foto: REUTERS/Luis AscuiMotorista avançou contra pedestres na área movimentada de Melbourne, na AustráliaMotorista avançou contra pedestres na área movimentada de Melbourne, na Austrália

Segundo testemunhas, o veículo SUV trafegava em alta velocidade pela rua Flinders, quando atingiu os pedestres às 16h45 (horário local). A região estava movimentada porque tem muitas lojas e as pessoas faziam as compras de Natal. Outra testemunha disse ter ouvido gritos antes que algumas pessoas começassem a correr para todos os lados.

A polícia afirmou ter recebido informações de que o motorista passava por um tratamento médico para doenças mentais. "Por enquanto, estamos no início da investigação e é cedo para dizer a motivação do ato", disse o comandante Russell Barrett. O carro usado no atropelamento não era roubado.

Mais conteúdo sobre: