São Braz do Piauí - PI

MPF abre inquérito para investigar gestão do ex-prefeito Lapinha

A portaria nº 32 foi assinada pela procuradora da República, Cecília Vieira de Melo Sá Leitão, no dia 14 de novembro deste ano.

Brunno Suênio
Teresina
27/11/2017 18h06 - atualizado 18h07

O Ministério Público Federal no Piauí abriu inquérito civil para investigar irregularidades na prefeitura de São Braz do Piauí, na gestão do ex-prefeito Perivaldo Campos Braga, mais conhecido como Lapinha. A portaria nº 32 foi assinada pela procuradora da República, Cecília Vieira de Melo Sá Leitão, no dia 14 de novembro deste ano.

O objetivo é investigar irregularidades relacionadas ao dispêndio de verbas do FUNDEB, do FMS e do FMAS referente à prestação de contas do município de São Braz do Piauí para o exercício de 2011, na gestão de Lapinha.

Para instaurar o inquérito, a procuradora considerou a exígua força de trabalho e o excessivo número de processos e procedimentos no Ofício da Procuradoria da República no município de São Raimundo Nonato, gerando acúmulo de serviço, motivo pelo qual ainda não foram exauridas as providências especificadas no artigo 4º da Resolução CSMPF.

A procuradora determinou que os autos sejam mantidos conclusos para análise da resposta acostada pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí e ajuizamento de eventual ação civil competente.

Outro lado

Procurado, na tarde desta segunda-feira (27), o ex-prefeito Lapinha não foi localizado para comentar a investigação. O GP1 continua aberto para quaisquer esclarecimentos.