São Gonçalo da Gurguéia - PI

MPF apura irregularidades na gestão do ex-prefeito Anderson Luiz

A portaria nº 37 foi assinada pelo procurador da República Alexandre Assunção e Silva, na segunda-feira (26).

Wanessa Gommes
Teresina
29/11/2018 20h58 - atualizado 20h58

O Ministério Público Federal no Piauí instaurou inquérito civil para investigar denúncia contra o ex-prefeito de São Gonçalo do Gurguéia, Anderson Luiz Alves dos Santos Figueiredo. A portaria nº 37 foi assinada pelo procurador da República Alexandre Assunção e Silva, na segunda-feira (26).

O objetivo é investigar teor de representação apresentada pelo Município de São Gonçalo do Gurguéia contra o ex-prefeito noticiando possíveis irregularidades e pendências na execução do convênio nº 0465/2011 celebrado entre a prefeitura e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), envolvendo verbas públicas federais, no valor de R$ 300 mil.

Inicialmente foi aberta uma notícia de fato, mas considerando o prazo insuficiente e a necessidade de adoção de novas diligências, o procurador decidiu converter o procedimento em inquérito civil.

Outro lado

O ex-prefeito Anderson Luiz não foi localizado pelo GP1.