São Braz do Piauí - PI

MPF investiga licitação da prefeitura de São Braz do Piauí

A portaria nº 69 foi assinada pelo procurador da República Israel Gonçalves Santos Silva, na última sexta-feira (26).

Wanessa Gommes
Teresina
30/10/2018 08h01 - atualizado 08h41

O Ministério Público Federal abriu inquérito civil para investigar irregularidades em licitação da prefeitura de São Braz do Piauí, administrada pelo prefeito Nilton Pereira Cardoso. A portaria nº 69 foi assinada pelo procurador da República Israel Gonçalves Santos Silva, na última sexta-feira (26).

O alvo da investigação é o procedimento licitatório n° 003/2017 (Tomada de Preços), no valor de R$ 378.257,50, destinado para aquisição de material escolar, didático e pedagógico, para a manutenção dos serviços das unidades escolares do município de São Braz do Piauí.

Inicialmente foi aberta uma notícia de fato, mas como houve o esgotamento do prazo do procedimento oriundo do Ministério Público do Piauí, após declínio de atribuição, e a vasta documentação acostada para análise, o procurador decidiu converter o mesmo em inquérito civil.

Outro lado

O prefeito Nilton Pereira não foi localizado peloGP1.