Coronavírus no Piauí

MPF-PI pede que 38 prefeitos adotem providências contra o coronavírus

Sobre a recomendação, o procurador Leonardo Trevizani afirmou que é necessária a atuação dos gestores públicos para evitar a propagação da doença.

Bárbara Rodrigues
Teresina
21/03/2020 12h08 - atualizado 12h48

O Ministério Público Federal no Piauí (MPF-PI), por meio do procurador da República Leonardo Trevizani Caberlon, no dia 19 de março, expediu uma recomendação para 38 prefeitos piauienses em relação as medidas que devem ser adotadas contra o coronavírus, covid-19. Esses 38 municípios fazer parte da jurisdição da Procuradoria da República que é localizada no município de São Raimundo Nonato.

Sobre a recomendação, o procurador Leonardo Trevizani afirmou que é necessária a atuação dos gestores públicos para evitar a propagação da doença.

  • Foto: Cadu Rolim/Foto Arena/Estadão ConteúdoCoronavírusCoronavírus

“As sucessivas divulgações, pelo Ministério da Saúde, de casos confirmados em território brasileiro, de infecção pelo covid-19, evidencia a necessidade de atuação conjunta, interinstitucional, e voltada à atuação preventiva, extrajudicial e resolutiva, em face dos riscos crescentes da epidemia instalar-se no território nacional”, afirmou o procurador.

Na recomendação o procurador pede que os prefeitos acompanhem as orientações do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública para o covid-19 para resposta eficiente no combate aos riscos de epidemia em território nacional, assim como devem elaborar Plano Municipal de Contingência, também devem ser realizados estudos para identificar eventuais deficiências e vulnerabilidades, e adotar medidas adequadas por parte das autoridades de vigilância em saúde, assim como devem ser observadas todas as determinações das autoridades federais e estaduais, inclusive as de natureza preventiva.

A recomendação é para os municípios de: São Raimundo Nonato, Acauã, Alvorada do Gurguéia, Anísio de Abreu, Bela Vista do Piauí, Betânia do Piauí, Bonfim do Piauí, Brejo do Piauí, Campinas do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, Canto do Buriti, Capitão Gervásio Oliveira, Caracol, Coronel José Dias, Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio, Fartura do Piauí, Guaribas, Jacobina, João Costa, Jurema, Lagoa do Barro do Piauí, Nova Santa Rita, Paes Landim, Pajeú do Piauí, Paulistana, Pedro Laurentino, Queimada Nova, Ribeira do Piauí, São Braz do Piauí, São Francisco de Assis do Piauí, São João do Piauí, São Lourenço do Piauí, Simplício Mendes, Socorro do Piauí, Tamboril do Piauí e Várzea Branca.

O procurador ainda expediu recomendação aos hospitais públicos e privados que estão localizados nesses 38 municípios, para que eles adotem as medidas estabelecidas pelo Ministério da Saúde, como: a obrigatoriedade da notificação imediata dos casos suspeitos, e que essa notificação seja direcionada à Vigilância Epidemiológica, por meio de canais de comunicação das Secretarias Municipais e Estadual de Saúde, assim como deve ser estabelecido um protocolo de contingência para enfrentamento dos casos suspeitos ou eventualmente confirmados de infecção

Casos no Piauí

Atualmente o Piauí tem 4 casos confirmados, sendo que 101 são suspeitos. Entre os casos já confirmados, está a do jornalista Marcelo Magno, da TV Clube, que está internado em estado grave no Prontomed em Teresina.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Coronavírus: Procuradoria quer manter luz, telefone e internet a inadimplentes

Coronavírus: veja o que muda no comércio de Teresina a partir de hoje

Mais de 20 funcionários da TV Clube estão com sintomas de coronavírus, diz JN