Saúde

Mundo já registra mais de 45 milhões de casos de covid-19

Só na quinta-feira foram relatadas mais de 400 mil novas infecções.

Por  Estadão Conteúdo
30/10/2020 07h17

Casos globais de covid-19 ultrapassaram a barreira dos 45 milhões nesta sexta-feira, 30. No dia anterior, mais de 400 mil novas infecções foram relatadas, segundo dados da universidade americana Johns Hopkins (JHU).

O total de casos registrados é de 45.028.250, ante pouco mais de 44 milhões que a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou na quinta-feira.

De acordo com a JHU, o país mais afetado pela pandemia continua sendo os Estados Unidos, com um total de 8.945.891 infecções e 228.668 mortes, seguido de perto pela Índia, com 8.088.851 casos e 121.090 mortes. O Brasil é o terceiro país em número de contaminados, com 5.494.376, mas ocupa o segundo lugar na lista em termos de óbitos, que já somam 158.969.

Entre os países que já ultrapassaram um milhão de infecções estão, nesta ordem, França (1,3 milhão), Espanha (1,1 milhão), Argentina (1,1 milhão) e Colômbia (1 milhão).

Em número de mortes, o México é o quarto país mais afetado com 90.773, seguido pelo Reino Unido, com 46.045, Itália, com 38.122, França, com 36.058, e Espanha, com 35.639.

Segundo a Johns Hopkins, o número total de cidadãos no mundo que foram infectados com o vírus e venceram a doença já ultrapassa 30 milhões.

A OMS afirma que a América, que está prestes a atingir 20 milhões de casos, com cerca de 140.000 infecções diárias e 630.000 mortes, é a região mais afetada do planeta. Enquanto isso, a Europa ultrapassou dez milhões de casos de coronavírus e agora tem a maior incidência de infecções desde o início da pandemia, com 1,5 milhão de casos notificados nos últimos sete dias, afirma o órgão internacional.

Mais conteúdo sobre: