Teresina - PI

"Não irei apoiar nenhum", diz major Diego sobre 2º turno em Teresina

Destacando os 12.810 votos que recebeu no pleito deste ano, o major Diego Melo pontuou que não fará parte da negociação na segunda fase das eleições a prefeito de Teresina.

Davi Fernandes
Teresina
18/11/2020 15h04 - atualizado 15h04

O ex-candidato à Prefeitura de Teresina major Diego Melo (Patriota), que ficou em 6º lugar na corrida eleitoral ao Palácio da Cidade, com mais de 12.800 votos, declarou nesta quarta-feira (11), que vai se abster e não irá apoiar nenhum dos candidatos que ainda permaneceram no 2º turno das eleições municipais na Capital.

Destacando os 12.810 votos que recebeu no pleito deste ano, o major Diego Melo pontuou que não fará parte da negociação na segunda fase das eleições a prefeito de Teresina e que não irá prestar apoio nem para o ex-secretário de Educação Kleber Montezuma (PSDB) e nem para o ex-deputado estadual Dr. Pessoa (MDB).

“Os meus valores, os meus princípios, os votos dos 12810 Teresinenses que confiaram em mim não estão à venda e não serão objetos de negociação no segundo turno em Teresina. Eu, Major Diego, não irei apoiar nenhum dos candidatos que estão no segundo turno”, destacou.

Corrida por apoios

Com o final do primeiro turno e o confronto final definido entre o MDB e o PSDB, ambos os candidatos das siglas já iniciaram uma nova corrida para buscar apoios e assim, garantir a cadeira de prefeito da capital piauiense.

Kleber conseguiu o apoio do Cidadania de Mário Rogério, enquanto Dr. Pessoa está indo atrás do apoio dos partidos de oposição aos tucanos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

"Ele vem pensando na cidade", diz Kleber sobre apoio de Mário Rogério

Kleber diz que Dr. Pessoa é “teleguiado" pelo Palácio de Karnak

Fábio Novo descarta PSDB e faz proposta em troca de apoio a Dr. Pessoa

Wellington declara apoio e diz que Dr. Pessoa é vítima de preconceito

Themístocles Filho e Dr. Pessoa se reúnem com líderes do PT