Teresina - PI

"Não vai ter prorrogação de mandato", diz deputado João Mádison

“Eu acho que pode haver um adiamento apenas para novembro, dezembro. Mas não vai ter prorrogação de mandato", disse o deputado.

Germana Chaves
Teresina
07/05/2020 09h24 - atualizado 17h41

O deputado estadual João Mádison Nogueira (MDB-PI) não acredita na prorrogação de mandatos e aposta que o processo eleitoral poderá ser adiado para novembro ou dezembro. Durante entrevista ao GP1, nesta quarta-feira (06), ele disse que para uma resposta mais precisa, será necessário verificar como estará a situação do País quanto a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Eu acho que pode haver um adiamento apenas para novembro, dezembro. Mas não vai ter prorrogação de mandato. Isso está decidido. Mas vamos esperar e ver como fica em doença até julho para a gente poder tomar uma decisão mais aprofundada”, disse o deputado.

  • Foto: Lucas Dias/GP1João MádisonJoão Mádison

Tribunal Superior Eleitoral

O tema ganhou um novo gás depois que o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, disse acreditar que junho será o prazo máximo para decidir sobre o adiamento ou não das eleições municipais de 2020. “Tenho a esperança de que não seja necessário adiar as eleições previstas para outubro. Mas, evidentemente, essa é uma possibilidade que não devemos desconsiderar”, disse o presidente do TSE a imprensa nacional.

PEC

O senador do Piauí, Elmano Férrer (Podemos) está coletando assinaturas de seus pares para protocolar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) pedindo a prorrogação destas eleições para 2022. Desta forma, seria realizado um pleito unificado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

“Imprevisível ainda”, diz Ciro Nogueira sobre adiamento das eleições

Elmano Férrer protocola PEC para adiar eleições municipais