Teresina - PI

Ônibus voltam a circular em Teresina após decisão do TRT, diz Sintetro

A decisão determina que 70% da frota circule em horário de pico e 30% nos horários mais vagos.

Nathalia Carvalho
Teresina
14/10/2020 08h59 - atualizado 09h01

Os ônibus do transporte público de Teresina voltaram a circular na manhã desta quarta-feira (14), após a decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinar o fim da greve. Motoristas e cobradores de ônibus entraram em greve no início da manhã de terça-feira (13).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário (Sintetro), o protesto que já vem ocorrendo desde o início da pandemia se dá em razão do não cumprimento da Medida Provisória 936, editada pelo Governo federal.

  • Foto: Alef Leão/GP1Motoristas e cobradores de ônibus realizam manifestação em TeresinaMotoristas e cobradores entraram em greve na manhã de ontem (13)

A medida estabelece que o Governo Federal pague 70% do salário dos colaboradores durante a pandemia, ficando o restante a cargo das empresas, no entanto até o momento as empresas não cumpriram com sua parte do acordo.

Na decisão, o desembargador Giorgi Alan Machado considerou que a greve prejudica o desenvolvimento das atividades da população, ressaltando a urgência da circulação dos ônibus em Teresina. Ainda ontem deferiu o pedido liminar do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), determinando o restabelecimento de 70% da frota de ônibus nos horários de pico e de 30% no horário normal.

O desembargador fixou o prazo de 24 horas para que o Setut disponibilizasse a quantidade necessária de ônibus sob pena do pagamento de multa diária de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), ficando a cargo da Strans a fiscalização do cumprimento.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

TRT determina manutenção da frota de ônibus durante a greve em Teresina

Motoristas e cobradores de ônibus iniciam nova greve em Teresina

Mais conteúdo sobre: