Mundo

Papa Francisco expressa preocupação com violência no Oriente Médio

Na segunda-feira (14), cerca de 60 palestinos morreram na Faixa de Gaza.

Nayrana Meireles
Teresina
16/05/2018 11h41 - atualizado 11h44

O Papa Francisco, que ocupa o posto mais alto da Igreja Católica, afirmou nesta quarta-feira (16), que está “muito preocupado” com a “espiral de violência” que assola a Terra Santa. Na segunda-feira (14), cerca de 60 palestinos morreram na Faixa de Gaza.

"Estou muito preocupado com a escalada de tensão na Terra Santa e Oriente Médio e com a espiral de violência que afasta cada vez mais do caminho da paz, do diálogo e das negociações", afirmou o pontífice.

  • Foto: Remo Casilli/ReutersPapa FranciscoPapa Francisco

Na segunda-feira (14), um confronto com soldados israelenses deixou cerca de 60 palestinos mortos e 500 feridos na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel. Os palestinos protestavam pelo direito de voltarem aos locais de onde foram removidos, após 1948, pela criação do Estado de Israel. As mortes aconteceram no dia da inauguração da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB