Brasil

Pesquisa aponta crescimento na aprovação de Luciano Huck

Segundo Barômetro Político do Estadão-Ipsos, o apresentador é a personalidade com a melhor avaliação entre os 23 nomes relacionados pelo instituto.

Nayrana Meireles
Teresina
23/11/2017 15h22 - atualizado 15h24

Segundo a pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, o apresentador de televisão Luciano Huck, cujo nome tem circulado como possível candidato à Presidência da República, teve uma melhora significativa de imagens nos últimos dois meses.

Huck apresentou um salto de 17 pontos percentuais desde setembro, passando de 43% para 60%. Já a desaprovação caiu de 40% para 32% no mesmo período. Com isso, ele passou a ser a personalidade com a melhor avaliação entre as apresentadas pelo IPsos aos entrevistados.

  • Foto: Facebook/Luciano HuckLuciano HuckLuciano Huck

Entre os presidenciáveis, o primeiro a aparecer no ranking de aprovação do Barômetro Político depois de Luciano Huck é Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 43% de avaliação positiva e 56% de negativa. Em empate técnico com Lula está o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que foi convidado pelo PSB a disputar a Presidência, embora nunca tenha manifestado em público essa intenção. Barbosa tem 42% de aprovação.

Marina Silva (Rede) apresentou oscilação de 36% para 35% em sua avaliação positiva nos últimos dois meses. A desaprovação subiu de 51% para 56%.

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a perder apoio na opinião pública: sua avaliação negativa subiu de 56% para 63%. A taxa de aprovação ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) oscilou de 22% para 24%.

O juiz Sérgio Moro, titular da 13.ª Vara Federal de Curitiba e conhecido por sua atuação no julgamento de acusados da Operação Lava Jato, foi aprovado por 50% dos entrevistados neste mês.

Mais conteúdo sobre: