Brasil

PF prende suspeitos de integrar quadrilha de tráfico no RJ

Agentes da PF cumprem mais de 30 mandados de prisão contra funcionários e terceirizados da Infraero e da Receita Federal.

Nayrana Meireles
Teresina
19/12/2017 09h53 - atualizado 09h55

A Polícia Federal prendeu, na manhã desta terça-feira (19), pelo menos 24 pessoas suspeitas de fazer parte de uma quadrilha de tráfico internacional de drogas que atua no aeroporto internacional Tom Jobim, o Galeão, no Rio de Janeiro.

De acordo com informações do G1, ao todo foram expedidos 36 mandados de prisão e um mandado de condução coercitiva contra funcionários e terceirizados da Infraero e também da Receita Federal. Segundo a polícia, esta é a maior operação realizada no Galeão.

  • Foto: Jose Lucena/Futura Press/Estadão ConteúdPolícia FederaloPolícia Federal

A investigação sobre a "Máfia do Galeão" começou em fevereiro deste ano, quando a PF descobriu que uma mala foi despachada do Rio de Janeiro em um voo para Amsterdam, mas em nome de um casal que voou para Salvador. A mala foi devolvida para o Galeão e, ao passar pelo raio X, foram descobertos 37 quilos de cocaína.

Segundo a investigação, funcionários do aeroporto escolhiam um passageiro de forma aleatória, imprimiam um tíquete com o nome dele, colocavam em uma mala cheia de drogas e, então, encaminhavam essa bagagem para um voo internacional, que ia, geralmente, para a Europa. A operação foi batizada como "Rush".

Mais conteúdo sobre: