Polícia

Piauiense é agredido até a morte após urinar na rua em São Paulo

Francisco estava desaparecido há mais de uma semana e o Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção do corpo.

Victória Xavier
Teresina
13/11/2019 08h27 - atualizado 08h38

Um piauiense identificado como Francisco Reis de Sousa, de 42 anos, foi espancado até a morte, na cidade de Mairiporã, região metropolitana de São Paulo. O homem era natural do povoado Abóbora, na zona rural do município de Massapê do Piauí, mas residia há mais de uma década em São Paulo, onde trabalhava como pedreiro. O corpo de Francisco foi encontrado na noite dessa segunda-feira (11).

De acordo com a Polícia Civil de Mairiporã, a vítima foi agredida por quatro suspeito após urinar próximo a um bar e um dos suspeitos que estava com a namorada, não gostou do fato e chamou mais três amigos para tirar satisfação com a vítima. Francisco foi agredido pelos quatro suspeitos.

  • Foto: Arquivo pessoalFrancisco Reis de SousaFrancisco Reis de Sousa

Ainda segundo informações da Polícia Civil, após perceberem que Francisco tinha ido a óbito, os suspeitos subiram em uma escada e jogaram o corpo da vítima em um terreno baldio que fica próximo ao local do crime.

Desaparecimento

Francisco estava desaparecido há mais de uma semana e a família registrou um boletim de ocorrência. Durante investigação, a Polícia Civil uma denúncia anônima informando onde estaria um dos suspeitos de ter participado do crime, um jovem de 23 anos, que durante depoimento confessou seu envolvimento e delatou os nomes dos demais acusados. Dois foram presos, o terceiro conseguiu fugir durante a abordagem policial e o quarto ainda não foi identificado.

O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção do corpo. Franciscodeixa quatro filhos menores.

Mais conteúdo sobre: