Brasil

Plenário do Senado Federal aprova MP do subsídio ao diesel

A MP foi uma das promessas do governo em troca do fim da greve dos caminhoneiros, ocorrida em maio. A votação foi feita de forma simbólica. 

Por  Estadão Conteúdo
05/09/2018 14h46 - atualizado 14h46

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira, 5, a Medida Provisória 838/2018, que concede subvenção para a venda e a importação do óleo diesel de uso rodoviário. A MP foi uma das promessas do governo em troca do fim da greve dos caminhoneiros, ocorrida em maio. A votação foi feita de forma simbólica.

O projeto de lei de conversão originário da MP segue agora para sanção. A medida havia sido aprovada na terça-feira, 4, pela Câmara, em acordo com os parlamentares que apressaram a discussão para evitar que a proposta caducasse.

  • Foto: Walterson Rosa/FramePhoto/Estadão ConteúdoPlenário do Senado FederalPlenário do Senado Federal

A MP 838 reduz em R$ 0,30 o preço do diesel, a um custo de R$ 9,5 bilhões ao Tesouro Nacional até o fim deste ano. Havia uma preocupação do governo sobre o prazo para a votação da MP, que precisa ser aprovada pela Câmara e pelo Senado até o dia 10 de outubro. Caso contrário, a medida perderia a validade.

Os senadores devem votar ainda nesta quarta-feira o projeto de lei de conversão da Medida Provisória 842/18, que trata da renegociação de dívidas rurais no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

O texto retoma itens vetados pelo governo quando da sanção da Lei 13.606/18, sobre o Programa de Regularização Rural (PRR). O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE) pede que os senadores compareçam ao plenário para realizar votação de forma nominal.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara Federal aprova MP que concede subsídio ao preço do diesel

ANTT publica nova tabela com preços mínimos de frete

Temer sanciona MP do Frete e veta anistia às multas após greve