Piauí

PMs são proibidos de participar de eventos do 7 de setembro no Piauí

O coronel destacou as recomendações em vigor das autoridades sanitárias, face à pandemia do novo coronavírus (covid-19), para a não realização de eventos que possam gerar aglomerações de público.

Wanessa Gommes
Teresina
04/09/2020 17h14 - atualizado 17h15

O comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Lindomar Castilho, assinou portaria nº 215, de 18 de agosto, que regula a participação da instituição nas comemorações ao dia 7 de setembro (Dia da Independência do Brasil).

O coronel determina no documento, que foi divulgado nesta sexta-feira (04), que a Polícia Militar do Piauí se abstenha de participar de atividades culturais e de eventos comemorativos alusivos à celebração do 198º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil, notadamente os desfiles cívico-militares, paradas, demonstrações ou quaisquer outros que causem aglomeração de pessoas.

Como justificativa, o comandante usou a Portaria nº 2.621/GM-MD, do Ministério da Defesa, que determina que as Forças Armadas se abstenham de participar de quais eventos comemorativos alusivos à celebração do 198º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil.

Ele destacou ainda as recomendações em vigor das autoridades sanitárias, face à pandemia do novo coronavírus (covid-19), para a não realização de eventos que possam gerar aglomerações de público, devido ao risco de contaminação.

Confira abaixo a portaria na íntegra ou clique aqui

NOTÍCIA RELACIONADA

Coronavírus: Ministério da Defesa cancela desfile de 7 de Setembro