Polícia

Polícia Civil prende 11 pessoas durante Operação Dominó no Piauí

O delegado-geral Riedel Batista revelou que a operação foi realizada em um momento oportuno pois, se tivesse sido adiada, alguns problemas iriam surgir na região com o fortalecimento do grupo.

Cinara Taumaturgo
Teresina
Laura Moura
Teresina
08/11/2018 14h01 - atualizado 14h02

Policiais Civis efetuaram a prisão de 11 pessoas durante a “Operação Dominó” deflagrada na manhã desta quinta-feira (08). O objetivo da ação policial foi desarticular uma organização criminosa especializada em tráfico de drogas, roubos e furtos nos municípios de Uruçuí e Floriano.

Ainda faltam três pessoas a serem capturadas pelas equipes, visto que devem ser cumpridos 14 mandados de prisão. As investigações iniciaram há alguns meses, devido as diversas ocorrências em Uruçuí referentes a pequenos delitos. O delegado-geral Riedel Batista revelou que a operação foi realizada em um momento oportuno pois, se tivesse sido adiada, alguns problemas iriam surgir na região com o fortalecimento da quadrilha.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Riedel BatistaRiedel Batista

“Eles [policiais civis] vinham trabalhando justamente na questão de investigar alguns delitos na região como furtos, roubos e tráfico de drogas. Então, com o avanço das investigações, foi descoberto que algumas pessoas de Uruçuí possuíam contato com pessoas de Floriano. O delegado Célio, com sua equipe, conseguiu fazer uma ligação com pessoas de Uruçuí e Floriano, com um tráfico mais intenso e até o envolvimento de crimes de homicídio na cidade de Floriano. Chegou-se ao final da investigação, na verdade, esse grupo criminoso trabalhando mais com o tráfico de drogas e se não fosse essa ação logo hoje dessa operação, nós poderíamos ter alguns problemas com esse grupo se fortalecendo ainda mais na região”, afirmou.

Durante a ação policial, foram apreendidos, além dos entorpecentes, materiais que levarão a novas informações acerca da organização, para o desencadeamento de novas operações. O delegado-geral ressaltou também que parte dos mandados foram cumpridos na Penitenciária Feminina e da unidade prisional de São Raimundo Nonato.