Teresina - PI

Polícia Militar lança nota de pesar pela morte do cabo Oliveira

Cabo Oliveira trabalhou 29 anos na PM-PI, era aluno do Curso de Formação de Sargentos (CFS), e atualmente estava lotado no 13º BPM, localizado na Santa Maria da Codipi.

Davi Fernandes
Teresina
01/03/2020 15h31 - atualizado 15h57

A Polícia Militar do Piauí (PM-PI), lamentou neste domingo (1º), a morte do cabo Raimundo Alves de Oliveira, que foi assassinado a tiros no início da manhã de hoje, por volta de 5h, ao chegar em sua casa, no bairro Novo Horizonte, zona sudeste de Teresina.

De acordo com a PM, cabo Oliveira trabalhou 29 anos na PM-PI, era aluno do Curso de Formação de Sargentos (CFS), e atualmente estava lotado no 13º BPM, localizado na Santa Maria da Codipi.

  • Foto: Arquivo PessoalRaimundo Alves de OliveiraRaimundo Alves de Oliveira

Prisões dos suspeitos

De acordo com informações do coronel Márcio Oliveira, coordenador geral de operações da Polícia Militar do Piauí, com um dos criminosos foi apreendido uma arma de fogo, celulares roubados e televisores.

“Um resistiu a voz de prisão, estava armado, tomou um tiro, foi conduzido ao HUT, mas não resistiu ao ferimento e veio a óbito. Com ele foi apreendida uma arma de fogo calibre .38, vários celulares roubados, televisão e o veículo utilizado no crime”, afirmou.

O major Audivan Nunes, da Força Tarefa, confirmou que foram os acusados que iniciaram a troca de tiros com a polícia. "O primeiro foi baleado no Parque Universitário, estava inclusive com a arma do crime, não se entregou, trocou tiros com nossas guarnições da Força Tarefa. Foram feitos todos os procedimentos legais, depois de uma troca de tiros, a gente tem que prestar os primeiros socorros, como diz a lei e a gente só faz aquilo que a lei determina”, disse.

  • Foto: Davi Fernandes/GP1Major Audivam NunesMajor Audivam Nunes

Dois morreram

Um dos acusados foi baleado durante troca de tiros no Parque Universitário e o outro criminoso no bairro Planalto Uruguai. Os dois foram encaminhados para o HUT e não resistiram aos ferimentos. Até o momento a polícia não revelou a identidade dos acusados.

O crime

Por volta das 5 horas da manhã o policial Raimundo Alves de Oliveira, de 50 anos, foi morto com três tiros na porta de casa, na Rua Natal, no bairro Novo Horizonte, zona sudeste da capital. Segundo informações repassadas para a Polícia Militar, homens em um veículo modelo Fiat Siena de cor prata discutiram com Raimundo e efetuaram os disparos. A vítima faleceu no local.

Confira a nota na íntegra:

É com pesar, que a Polícia Militar do Piauí informa o falecimento do CB Raimundo Alves de Oliveira, ocorrido na manhã deste domingo (01), no Bairro Novo Horizonte, Zona Sudeste de Teresina.

O Cabo Oliveira trabalhou 29 anos na PMPI, era aluno do Curso de Formação de Sargentos (CFS), e atualmente estava lotado no 13º BPM, localizado na Santa Maria da Codipi.

O Comandante Geral da PMPI se solidariza com a família e amigos, e rogamos que a misericórdia de Deus amenize a dor decorrente de tão significativa e irreparável perda.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Acusados de matar cabo Oliveira morrem no HUT após confronto com a polícia

Acusados de matar PM são presos após troca de tiros em Teresina

Policial militar é morto com três tiros no bairro Novo Horizonte

Acusados de matar PM são presos após troca de tiros em Teresina