Brasil

Policiais civis se apresentam algemados em delegacia do RN

Os policiais civis e militares estão sem receber os salários referentes aos meses de novembro e dezembro e 13º.

Andressa Martins
Teresina
03/01/2018 19h29 - atualizado 19h30

Na manhã desta quarta-feira (3), policiais civis do Rio Grande do Norte compareceram algemados à Delegacia Geral de Polícia. A medida é uma maneira de protesto contra uma decisão do desembargador Claudio Santos, do Tribunal de Justiça Estadual, que determinou a prisão de policiais que participassem ou incentivasse a greve.

  • Foto: Facebook/SINPOLRNPolicial Civil algemado no Rio Grande do NortePolicial Civil algemado no Rio Grande do Norte

Desde o último dia 20 de dezembro, policiais civis e militares do estado estão paralisados por conta da falta de estrutura e não pagamento dos salários de novembro, dezembro e 13º. O presidente do Sindicato de Policiais Civis (Sinpol) do estado, Nilton Arruda, não utiliza a palavra greve para denominar a situação dos policiais.

  • Foto: Facebook/SINPOLRNCom algemas, policiais civis se apresentam em delegacia do RNCom algemas, policiais civis se apresentam em delegacia do RN

“Nós ressaltamos mais uma vez que os policiais não estão em estado de greve, estão em estado de necessidade. Eles estão cobrando o pagamento dos salários atrasados para que possam ter condições de se alimentar e de se deslocar ao trabalho e, então, exercerem suas atividades normalmente”, justifica.

O sindicato informou que cerca de 400 policiais se apresentaram durante a manhã na sede da Delegacia-Geral e permaneceram no local. Apesar da decisão, ninguém foi preso.

Mais conteúdo sobre: