Política

Posse de Júlio Arcoverde na CCJ é adiada após PT pleitear vaga

O assunto veio à tona após renúncia do deputado Wilson Brandão (PP) da presidência da CCJ.

Germana Chaves
Teresina
28/05/2019 11h09 - atualizado 12h29

O PT quer ficar com mais uma vaga na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). A ideia é que o deputado estadual Hélio Isaías (PP), que é um dos titulares da CCJ, ceda seu espaço para acomodar um parlamentar petista
Dentro desse contexto, dois nomes estão sendo cogitados: Cícero Magalhães e Ziza Carvalho, ambos petistas. Com isso, o PP ficaria com apenas uma vaga, a de presidente.

O assunto veio à tona após renúncia do deputado Wilson Brandão (PP) da presidência da CCJ. Ele assumiu a Secretaria da Mineração e teve que deixar o cargo. Devido a necessidade de maior discussão sobre o assunto, a posse de Júlio Arcoverde (PP), prevista para ocorrer nesta terça-feira (28), como presidente da Comissão teve que ser adiada.

  • Foto: Helio Alef/GP1Júlio ArcoverdeJúlio Arcoverde

Composição atual da CCJ

Além da presidência, que deverá ser ocupada por Arcoverde, a CCJ é composta hoje pelos seguintes parlamentares: Henrique Pires (MDB), José Santana (MDB), Pastor Gessivaldo Isaías (PRTB), Teresa Britto (PV), Hélio Isaias (PTB) e Francisco Limma (PT).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Themístocles Filho assina renúncia de Wilson Brandão da CCJ

Limma diz que Júlio Arcoverde vai assumir a CCJ conforme acordo