Campo Grande do Piauí - PI

Prefeito Baiá promove festa com município em situação de emergência

Somente com a contratação das bandas que vão animar a festa o prefeito Baiá vai gastar R$ 55 mil dos cofres públicos.

José Maria Barros
Picos
18/01/2019 18h44 - atualizado 18h47

O prefeito João Batista de Oliveira, o Baiá (MDB), ignorou a situação de emergência em que se encontra Campo Grande do Piauí e, anunciou a comemoração dos 25 anos de emancipação política e administrativa do município com festa na Avenida Manoel Alves de Sousa. O evento será animado por artistas regionais e locais.

Campo Grande do Piauí, situado na região de Picos, é um dos 45 municípios piauienses que estão em situação de emergência desde o dia 27 de novembro do ano passado.

  • Foto: Danilo BezerraPrefeito de Campo Grande do PiauíPrefeito de Campo Grande do Piauí

Ao assinar a emergência o governador alegou que alguns municípios do semiárido estão em situação de colapso no atendimento às suas comunidades, inclusive na zona urbana. Com o decreto, ficam acionados os órgãos relacionados ao sistema de proteção e defesa civil do Estado para prestar ajuda aos municípios.

Festa de emancipação

No último dia 11 de janeiro, alheio à situação de emergência em que se encontra o município de Campo Grande do Piauí, o prefeito Baiá (MDB) anunciou as principais atrações da festa do 25º aniversário de emancipação política da cidade.

Segundo o prefeito, a programação começa no dia 25 de janeiro e terá como ponto alto a festa de emancipação na data do aniversário, 25, com animação de Jonas Esticado, cantor cearense pertencente à gravadora Som Livre. Terá também a participação de Zeca Bota Bom e de artistas locais.

Somente com as bandas musicais a Prefeitura de Campo Grande do Piauí vai gastar R$ 55 mil dos cofres públicos. Contrato nesse sentido foi assinado no último dia 16 de janeiro entre o prefeito João Batista de Oliveira, o Baiá, e o representante da empresa P.H.L de Sousa Lima, que fica situada a Rua Carlos Marcílio, 910, sala 01, bairro Canto da Várzea, em Picos.

O contrato foi celebrado sem o devido processo licitatório, através da modalidade inexigibilidade de licitação, sendo o objeto contratação de banda musical para realização do aniversário de 25 anos de emancipação política do município de Campo Grande do Piauí. Fonte de recursos Orçamento Geral do Município.

Outro lado

O prefeito Baiá não foi localizado pelo GP1.

Mais conteúdo sobre: