Paulistana - PI

Prefeito Didiu vai licitar R$ 856 mil em aluguel de máquinas

O Pregão Nº 044/2019 está marcado para acontecer no dia 3 de julho às 9 horas. As despesas decorrentes do contrato correrão por conta do Orçamento Geral do Município.

Wanessa Gommes
Teresina
01/07/2019 17h42 - atualizado 18h15

A Prefeitura Municipal de Paulistana, administrada pelo prefeito Gilberto José de Melo, mais conhecido como Didiu, vai realizar licitação no valor previsto de R$ 856 mil para locação de máquinas (trator de esteira, motoniveladora patrol e escavadeira hidráulica) para executar serviços de manutenção e reformas das estradas vicinais.

O Pregão Nº 044/2019 está marcado para acontecer no dia 3 de julho às 9 horas. As despesas decorrentes do contrato correrão por conta do Orçamento Geral do Município.

Chama atenção, recente matéria divulgada pela própria secretaria de Obras do Município, o secretário Moacy Allexy relatou que a prefeitura vem cumprindo um roteiro de recuperação das estradas, que contempla a todos os rincões deste município, e que boa parte das estradas já foram recuperadas.

  • Foto: DivulgaçãoReportagem sobre recuperação das estradasReportagem sobre recuperação das estradas

O trabalho está sendo feito por uma motoniveladora, da própria prefeitura, adquirida através do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Outro lado

Procurado pelo GP1, o prefeito Didiu explicou que a licitação será realizada para garantir que se houver necessidade, as máquinas estarão disponíveis. "Trator a prefeitura não tem, retroescavadeira a prefeitura também não tem, motoniveladora a prefeitura tem, mas a gente licita para no caso de ter um imprevisto, a máquina quebrar. No entanto, já teve ano que eu licitei, mas não paguei, porque até teve necessidade, mas não tínhamos dinheiro", afirmou.

"Ano passado eu comecei a fazer as estradas em 16 de abril, com dois operadores, um de dia e outro de noite, e chegou final de novembro e eu não consegui fazer as estradas todas, porque são muitas estradas, mesmo assim, no ano passado, foi licitado hora/ máquina embora eu não tenha feito quase nada de hora/máquina alugada", declarou.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Didiu, Prefeito de PaulistanaDidiu, Prefeito de Paulistana

O prefeito enfatizou ainda que a prefeitura só faz um serviço se houve dinheiro, caso contrário não faz. "Eu tenho critério no município que eu só boto para fazer o serviço se eu tiver dinheiro para pagar, se não tiver eu não boto. A necessidade tem, porque veja bem, como eu comecei a fazer as estradas ano passado, em abril, e cheguei ao final de novembro fazendo estradas, e chegaram as chuvas, eu não tinha concluído as estradas todas, então a necessidade houve, mas eu não tinha dinheiro para terminar, então não chamei [o que licitei]", explicou.

"Este ano, eu estou fazendo as estradas de uma maneira diferente, eu comecei a fazer as estradas em abril e se for para fazer todas as estradas com a motoniveladora da prefeitura chega dezembro e não faz. Primeiro, eu fiz todas as principais, essas eu já terminei, mas tem as ramais, que eu vou fazer até onde eu aguentar, então está sendo feita essa licitação, mas não quer dizer que vai ser usada não, é só uma prevenção, porque, por exemplo, teve um ano que a máquina da prefeitura quebrou no final de maio, paguei a mão-de-obra que foi R$ 16 mil [para consertar a máquina], mas tudo isso, até consertar rolou três meses de confusão, e aí? Tínhamos que fazer as estradas, nesse período aí eu tinha horas/máquinas licitadas, então eu chamei e de lá para cá vem se usando muito pouco, quase nada", contou o gestor.

Para este ano, segundo Didiu, não há previsão para que as máquinas licitadas sejam utilizadas. "Esse ano não tenho previsão de usar não, motoniveladora alugada não, mas a gente coloca na licitação, em caso de necessidade, da máquina da prefeitura quebrar. A máquina até agora está andando a todo vapor".

Mais conteúdo sobre: