São José do Divino - PI

Prefeitura de São José do Divino nega áudio questionando Covid-19

Antônio Felícia faleceu na sexta-feira (27) no Hospital Dr. José Brito Magalhães, em Piracuruca. No sábado (28) a secretaria de Estado de Saúde confirmou que a morte havia sido devido ao coronavírus.

Andressa Martins
Teresina
01/04/2020 17h00 - atualizado 17h38

A Prefeitura Municipal de São José do Divino negou a veracidade de um ádio que está sendo atribuído a uma secretária municipal e dissipado nas redes sociais questionando a causa da morte do prefeito Antônio Felícia, vítima de complicações do novo coronavírus (Covid-19).

“A filha dele, a esposa dele, o motorista dele já deveriam estar infectados. Eu mesmo era para estar infectada, peguei dinheiro da mão de seu Antônio. Isso aí tem falcatrua, não sei se estou errada. O que me dói mais é que seu Antônio foi enterrado como um indigente, como uma pessoa qualquer”, diz a pessoa no áudio.

  • Foto: Facebook/Antônio FelíciaAntônio FelíciaAntônio Felícia

Antônio Felícia faleceu na sexta-feira (27) no Hospital Dr. José Brito Magalhães, em Piracuruca. No sábado (28) a secretaria de Estado de Saúde confirmou que a morte havia sido devido ao coronavírus.

Na nota, assinada pelo atual prefeito, professor Francisco de Assis Carvalho, a prefeitura informa que o áudio não é de nenhuma secretária e de ninguém próximo a Antônio Felícia.

‘'Repudiamos a irresponsabilidade do autor dessa nota falsa, que atentam contra saúde pública municipal, e informamos ainda que os autores e propagadores de informações que objetivam deturpar a realidade dos fatos poderão responder por seus atos na esfera cível e penal”, diz.

Confira a nota na íntegra:

  • Foto: DivulgaçãoNota de Esclarecimento da Prefeitura de São José do DivinoNota de Esclarecimento da Prefeitura de São José do Divino

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Professor Assis Carvalho é empossado como prefeito de São José do Divino

Prefeito Antônio Felícia é a 1ª morte confirmada por coronavírus no Piauí

Prefeito Antônio Felícia morre com suspeita de Covid-19