Teresina - PI

Presidente do Podemos descarta aliança com Fábio Novo e Fábio Abreu

"Se decidirmos não lançar candidatura própria e formos coligar com alguém, nossa preferência é com qualquer outra pessoa que não seja com os dois Fábios [Abreu e Novo]", disse Arthur.

Germana Chaves
Teresina
05/08/2020 09h04 - atualizado 09h09

O presidente do Podemos em Teresina, o empresário Arthur Feitosa, afirmou ao GP1, na manhã desta quarta-feira (05), que pode se coligar com qualquer pré-candidato ao Palácio da Cidade, menos com Fábio Novo (PT) e Fábio Abreu (PL). Ele voltou a dizer que o plano A é apoiar o ex-senador João Vicente Claudino (PTB), caso ele decida se lançar como pré-candidato a prefeito.

Ainda conforme Arthur, se JVC não entrar na disputa, o próximo passo do Podemos é lançar candidato próprio com dois nomes já pré-definidos para o processo majoritário.

  • Foto: Arquivo PessoalArthur FeitosaArthur Feitosa

“Admitimos primeiro fazer uma coligação com João Vicente Claudino, se não der certo, vamos estudar a possibilidade de uma candidatura própria, inclusive com o meu nome ou com o nome do empresário Joaquim Costa Filho”, disse Feitosa.

“Depois disso se decidirmos não lançar candidatura própria e formos coligar com alguém, nossa preferência é com qualquer outra pessoa que não seja com os dois Fábios [Abreu e Novo]. Pode ser com o Fábio Sérvio ou Dr. Pessoa. Com qualquer um, menos com o Fábio Novo e com o Fábio Abreu”, assegurou Arthur.

Nos diálogos internos, Fábio Abreu já admitiu que tem interesse de contar com o apoio do Podemos. A ideia é amarrar o diálogo por meio do senador Elmano Férrer, que preside a sigla no Piauí. “Não fechamos com ele [Fábio Abreu] e nem vamos fechar. Nem conversamos com ele e nem vamos conversar”, finalizou Arthur Feitosa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

João Vicente Claudino vai discutir aliança com PMN em reunião

Podemos defende JVC como candidato único pela oposição em Teresina

Podemos cogita nome próprio se JVC não se candidatar a prefeito