Teresina - PI

Preso mais um acusado da morte do advogado Ozires Machado

Leylson Alves da Silva foi preso no conjunto Dilma Rousseff, zona norte de Teresina.

THAIS GUIMARÃES
DE TERESINA
13/03/2018 11h07 - atualizado 11h09

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do Piauí prendeu, na manhã desta terça-feira (13), em Teresina, Leylson Alves da Silva, o "Dodô", acusado de participação no latrocínio do advogado Ozires de Castro Machado Neto no dia 11 de setembro de 2017.

  • Foto: Divulgação/Polícia Civil do PiauíLeylson Alves da Silva, o DodôLeylson Alves da Silva, o Dodô

De acordo com informações repassadas pelo agente Lourival Neto, Dodô foi preso no conjunto Dilma Rousseff, zona norte da capital, sob o comando do delegado Danúbio Dias. Contra ele havia um mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário.

O primeiro envolvido preso foi Francinaldo dos Santos Batista, o Neném, acusado de ser o autor do tiro que atingiu Ozires. Ele foi capturado no dia 14 de setembro. O segundo suspeito, José Rodrigues Oliveira Neto, conhecido como Palito, é apontado como responsável pela logística do crime e foi detido no dia 03 de outubro. De acordo com o delegado Barêtta, em entrevista concedida ao GP1 no dia da prisão de Neném, Dodô teria dado apoio à prática criminosa.

A Delegacia de Homicídios disponibiliza o número 181 para denúncias anônimas que possam ajudar na elucidação de crimes contra a vida.

Relembre o caso

  • Foto: Reprodução/FacebookOzires Machado NetoOzires Machado Neto

Ozires de Castro Machado Neto, 28 anos, estava chegando em sua casa no bairro Saci, zona sul de Teresina, por volta das 21h do dia 11 de setembro de 2017, quando foi alvejado com um tiro na cabeça. Câmeras de segurança registraram a ação, que durou menos de um minuto. A vítima estava parada com o veículo ainda ligado, quando chegou um indivíduo a pé. Nas imagens é possível ver que o rapaz ainda tentou fugir, mas o carro parou em cima de uma calçada. O criminoso volta a se aproximar do veículo e atira contra Ozires. O advogado morreu no dia seguinte, no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

MATÉRIAS RELACIONADAS

Advogado é baleado com um tiro na cabeça em porta de residência na zona sul. Assista ao vídeo!

Advogado Ozires Neto morre no Hospital de Urgência de Teresina

Barêtta inicia investigação sobre a morte do advogado Ozires Neto

Acusado de matar advogado Ozires Machado tem prisão preventiva decretada pela Justiça

Polícia prende criminoso acusado de participar do assassinato do advogado Ozires Machado

MAIS NA WEB