Teresina - PI

PRF apreende 30 motocicletas durante Operação Duas Rodas na BR 343

A operação tem como objetivo prevenir acidentes e infrações.

Andressa Martins
Teresina
15/12/2017 20h47 - atualizado 20h52

PRF realiza Operação Duas Rodas em Teresina

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve na tarde desta sexta-feira (15) em alguns pontos de Teresina, na BR 343, abordando motociclistas durante a Operação Duas Rodas, iniciada nesta segunda (11). A operação tem como objetivo prevenir acidentes e infrações.

“O foco da operação é a fiscalização de motocicleta, seja na questão de fiscalização de trânsito ou de ocorrência criminal. Então a gente já fez essa operação nas cidades de Altos e Campo Maior, no Norte. Fizemos Água Branca, Monsenhor Gil e Demerval Lobão e hoje nós estamos fazendo essa etapa de Teresina”, explicou o inspetor da PRF, Jonas Mata.

Agentes da PRF estiveram presentes em diversos pontos da BR 343, nas proximidades do Balão do São Cristóvão e na Ladeira do Uruguai, na zona Leste da capital. A operação vai se estender até próxima semana.

“Por questão de sigilo e segurança não informaremos quando ela vai acabar e quando será o próximo dia e o local, mas estamos em operação que pode sim se estender por toda essa região metropolitana de Teresina e municípios do interior”, afirmou Jonas.

Demanda da População

Segundo o inspetor Jonas Mata, a população faz várias ligações para a Polícia Rodoviária Federal para denunciar infrações.

“A gente tá até mesmo atendendo uma demanda da população que muitas vezes nos liga comunicando que em certos locais as pessoas estão fazendo racha, comentando infrações de trânsito que podem provocar algum acidente. Então a gente está dando essa resposta para a sociedade intensificando essa fiscalização principalmente de motocicleta, porque os motociclistas do Piauí contribuem para aumentar o número de acidentes”, disse.

Divulgação de blitz

Durante nossa reportagem, o condutor de um veículo passou com o celular filmando a operação. Imediatamente o inspetor seguiu em motopatrulhamento e fez a abordagem do cidadão.

“Ele vai ser notificado por estar usando o celular enquanto dirige”, disse Jonas. O inspetor lembra que é proibido fazer a divulgação de operações e explicou as consequências do ato.

“A Polícia Rodoviária Federal está trabalhando para o bem-estar e para a segurança da população. O nosso objetivo aqui é combater também a criminalidade. Então quando uma pessoa passa filmando ou faz algum comentário, um áudio ou fotografa dizendo que a PRF está fazendo uma operação neste local, na verdade ela está atrapalhando [a PRF] e ajudando o criminoso, porque aqui é uma rota de fuga de criminosos que saem da zona leste para a zona sudeste e vice versa”, afirmou.

Infrações e acidentes

Ainda segundo o inspetor da PRF, Jonas Mata, em média, por dia são atendidos 90 motociclistas vítimas de acidentes de trânsito no Hospital de Urgências de Teresina (HUT). As maiores infrações são condutor sem Carteira de Habilitação (CNH), condutor sem capacete e licenciamento atrasado.

Até o fechamento desta matéria, a Polícia Rodoviária Federal já havia apreendido 30 motocicletas em Teresina.