Teresina - PI

PRF prende 3 pessoas acusadas de uso de documento falso em Teresina

Somente em 2020, a PRF já recuperou 223 veículos com registro de roubo, furto ou apropriação indébita.

Nathalia Carvalho
Teresina
18/06/2020 08h28 - atualizado 08h28

Na tarde dessa quarta-feira (17), a Polícia Rodoviária do Piauí (PRF-PI)realizou a prisão de três homens acusados de receptação de veículos e uso de documentação falsa na BR 343 e 316, em Teresina.

Conforme informações da PRF, no primeiro caso foi dada ordem de parada a um homem de 41 anos que conduzia um veículo modelo Fiat/Strada porque os agentes notaram alterações na placa de identificação do carro. Após verificarem, os policiais concluíram que se tratava de um carro clonado, sendo que o original havia sido tomado de assalto no ano de 2015 no estado de Goiás. Uma outra infração foi que o condutor apresentou a documentação do veículo totalmente adulterada, mas informou que havia pego o carro emprestado de um amigo e que não tinha conhecimento das irregularidades.

No segundo caso, os policiais abordaram um veículo que estava estacionado às margens da rodovia, em posse de um homem de 34 anos. Esse condutor também apresentou documentação falsa, ele levava um passageiro que no meio da conversa assumiu a autoria do veículo, mas acabaram por confessar que fizeram a falsificação para se esquivar do pagamento de tributos devidos.

Diante das situações, dois dos envolvidos foram conduzidos até a Polícia Federal da cidade de Teresina, o outro caso foi encaminhado para a Central de Flagrantes, também na capital. Segundo a PRF, eles devem responder pelo crime de uso de documento falso, e receptação de veículos.

Somente em 2020, a PRF já recuperou 223 veículos com registro de roubo, furto ou apropriação indébita. De janeiro a junho, 24 pessoas foram presas envolvidas nessas práticas criminosas.