Política

Procurador investiga propagandas eleitorais divulgadas no Piauí

O procurador afirma nos procedimentos que existe “a necessidade de apuração da regularidade da propaganda partidária veiculada no primeiro semestre de 2017 no Estado do Piauí".

Bárbara Rodrigues
Teresina
07/06/2017 17h03 - atualizado 17h03

O procurador da república, Israel Gonçalves Santos Silva, instaurou procedimentos preparatórios eleitorais, no dia 5 de junho, com o objetivo de apurar se os partidos estão respeitando a legislação na divulgação de propagandas eleitorais pelos meios de comunicação no Piauí.

Propagandas partidárias realizadas pelo PTC, PP, PT, PMDB, PSDB, PSD, PV, PT do B, PHS, PEN, PSDC, DEM, PRTB, PSC, PRB, REDE e PPS que foram veiculadas em emissoras de rádio e de televisão no primeiro semestre deste ano serão analisadas pelo procurador da república.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Israel Gonçalves,Procurador Regional EleitoralIsrael Gonçalves,Procurador Regional Eleitoral

Serão analisados se os partidos estão respeitando tempo de veiculação, os horários e demais situações. Se forem constatadas irregularidades nas propagandas, o procurador Israel Gonçalves poderá instaurar ações judiciais contra os partidos.

O procurador afirma nos procedimentos que existe “a necessidade de apuração da regularidade da propaganda partidária veiculada no primeiro semestre de 2017 no Estado do Piauí, para o fim de instruir eventuais ações judiciais contra os infratores à legislação eleitoral”.