Piauí

Professor Gildásio Guedes toma posse como reitor da UFPI

O vice-reitor, professor Viriato Campelo, também foi empossado na ocasião, que contou com a presença do agora ex-reitor, professor José Arimatéia Dantas Lopes.

Fábio Wellington
Teresina
Thais Guimarães
Teresina
20/11/2020 18h06 - atualizado 18h38

Professor Gildásio Guedes é empossado novo reitor da UFPI

O professor Gildásio Guedes Fernandes tomou posse como novo reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI) na tarde desta sexta-feira (20), em uma cerimônia restrita realizada no salão do Edifício Rio Lima, zona leste de Teresina. O vice-reitor, professor Viriato Campelo, também foi empossado na ocasião, que contou com a presença do agora ex-reitor, professor José Arimatéia Dantas Lopes.

Em entrevista ao GP1, Gildásio Guedes transmitiu boas expectativas para a comunidade acadêmica. “Transmito expectativas positivas aos estudantes, estudantes esses que me são muito caros, transmito expectativas de muito trabalho, de uma reorganização da graduação, da organização da pós e da gestão da universidade. Nós temos essa expectativa: melhorar o que está precisando de muitos cuidados e melhorar mais ainda o que já tem de bom”, declarou.

O novo reitor ressaltou que sua vitória é a vitória da universidade. “É uma vitória da universidade, uma vitória do mérito. Fui candidato e ninguém disse nada contra mim, a maioria das outras candidaturas tiveram alguns problemas de datas para se desincompatibilizar, eu não tive nada disso, tive tudo perfeito, não acusei ninguém, fiz o meu trabalho com as minhas propostas. É a vitória dos piauienses”, enfatizou.

Questionado sobre a dinâmica relacionada à escolha feita pelo presidente Jair Bolsonaro, Gildásio frisou que o chefe do executivo tomou uma decisão com base técnica. “Foi uma análise técnica do Planalto, análise do currículo, de nome, uma análise técnica, nessa análise eu fui o melhor avaliado”, colocou.

O vice-reitor empossado, Viriato Campelo, atribuiu a nomeação ao trabalho de muitos anos que ele e Gildásio desenvolvem na universidade. “Atribuo a nossa vitória a todo o trabalho que a gente já tem na Universidade Federal do Piauí, nós estamos lá há 40 anos, eu e o professor Gildasio somos professores titulares, recebemos a maior votação da comunidade e acredito que esse perfil que nos levou a grande vitória”, enfatizou.

Ex-reitor

O agora ex-reitor, Arimatéia Dantas Lopes, que geriu a UFPI por oito anos, disse que sai do posto com a sensação de dever cumprido. “Missão cumprida, sem dúvidas nenhuma, estou saindo com a sensação de dever cumprido e com a consciência de que realizei o que podia ser feito de melhor pela universidade. O balanço que faço é de um grande crescimento na pós-graduação, na pesquisa, na pós-graduação, em todos os sentidos, a UFPI cresceu tanto que um dos seus campus se tornou universidade, que foi o campus de Parnaíba”, frisou.