Piauí

Projeto sobre atuação de hospitais será encaminhado para governador

Caberá à secretaria estadual de Segurança Pública usar esses dados para manter as estatísticas atualizadas dos casos comunicados, com mapas de incidência regionalizados na capital e por municípios.

Bárbara Rodrigues
Teresina
26/12/2017 10h34 - atualizado 05/04/2018 09h45

Aprovado na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) na semana passada, será encaminhado ao governador Wellington Dias (PT) o projeto de lei do deputado Robert Rios (PDT) que tem como objetivo obrigar os hospitais públicos e privados do Estado do Piauí a comunicarem as delegacias de polícia, em Teresina e no interior, sobre os atendimentos que envolvam vítimas de agressões físicas e ameaças.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Robert RiosRobert Rios

Quando os hospitais públicos e privados informarem a situação para as delegacias da região, devem apresentar ainda um relatório explicando o motivo do atendimento, qual o diagnóstico apresentado, a descrição dos sintomas e das lesões e assim como todos os encaminhamentos que foram realizados.

Caberá à secretaria estadual de Segurança Pública usar esses dados para manter as estatísticas atualizadas dos casos comunicados, com mapas de incidência regionalizados na capital e por municípios. O projeto quer ajudar as vítimas, para que elas tenham uma resposta mais rápida da polícia.