Piauí

Quatro desembargadores querem disputar eleição no TRE-PI

“O Tribunal de Justiça indica apenas ao TRE os nomes, quem escolhe lá quem vai ser o presidente e o vice é o próprio TRE. Temos quatro desembargadores inscritos", explicou Sebastião Ribeiro Martins.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
31/10/2019 13h08 - atualizado 13h23

O Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) realiza na próxima segunda-feira (4) a eleição que irá definir os dois desembargadores que vão atuar no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI). Depois da escolha, os dois nomes seguem para o TRE, onde será definido, através de votação, quem assumirá a presidência e vice-presidência.

O GP1 apurou que quatro desembargadores estão interessados em participar da eleição, são eles: Erivan Lopes, José James, Ricardo Gentil e Paes Landim.

  • Foto: GP1Desembargadores Erivan Lopes, Ricardo Gentil, José James e Paes LandimDesembargadores Erivan Lopes, Ricardo Gentil, José James e Paes Landim

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, Sebastião Ribeiro Martins, confirmou ao GP1 os nomes dos desembargadores que estão na disputa. “O Tribunal de Justiça indica apenas ao TRE os nomes, quem escolhe lá quem vai ser o presidente e o vice é o próprio TRE. Temos quatro desembargadores inscritos. Temos o Paes Landim, Erivan, James e Ricardo Gentil. Desses quatro nomes, dois vão ser aprovados e lá [no TRE] eles escolhem quem será o presidente e vice”, explicou.

Quem for eleito vai atuar para o biênio 2020/2021. O mandato de Paes Landim encerra em abril de 2020.

Possível adiamento da votação

Foi o atual presidente do TRE, o desembargador Francisco Antônio Paes Landim, que apresentou requerimento administrativo pedindo a realização da eleição, mas logo depois ele pediu um adiamento da votação, mas o pedido será julgado somente na sessão de segunda-feira. Se for aceito, será marcada uma nova data para a votação, mas caso o pedido não seja aceito, a eleição ocorrerá na segunda-feira.

Sobre o pedido de adiamento da sessão, Sebastião Ribeiro Martins explicou que isso ainda será decidido. “Teve o pedido de adiamento, mas alguns colegas não aceitaram, então eles decidir se aceitam ou adiam na segunda-feira.

De acordo com apurado por nossa reportagem, Francisco Antônio Paes Landim trabalha para se eleger ao cargo de corregedor já que não pode tentar a reeleição.

NOTÍCIA RELACIONADA

TJ vai indicar desembargadores para eleição no TRE-PI