Política

Regina Sousa afirma que não vai abrir mão de disputar a reeleição

O governador Wellington Dias já fechou apoio à reeleição de Ciro Nogueira ao Senado.

Bárbara Rodrigues
Teresina
05/01/2018 22h01 - atualizado 05/02/2018 13h41

O governador Wellington Dias (PT) terá a difícil missão de agradar os partidos aliados na formação da chapa para as eleições deste ano, assim como também agradar os próprios petistas que brigam por um espaço. A senadora Regina Sousa (PT) está trabalhando para conseguir manter a sua candidatura à reeleição e afirmou que não irá desistir da sua candidatura.

Para entender melhor a situação, o governador Wellington Dias já fechou apoio à reeleição de Ciro Nogueira ao Senado. A disputa maior tem ocorrido porque o deputado Themístocles Filho é o indicado do MDB para a vaga de vice, mas há muita resistência por parte do senador Ciro, que defende que o Progressistas possa continuar no cargo, que atualmente tem a vice-governadora Margarete Coelho. Dessa forma o partido teria duas vagas na chapa de Wellington, diminuindo o espaço para os demais aliados.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Senadora Regina Sousa Senadora Regina Sousa

Ciro chegou afirmar nesta sexta-feira (5) que o partido Progressistas precisa ser respeitado pelos aliados, destacando a força política do partido. Em entrevista ao GP1, senadora Regina Sousa destacou que não faria sentido o Progressistas ter duas vagas na chapa, com Ciro e Margarete, e o PT, ter apenas uma, com Wellington ao Governo.

“É um direito dele defender sim [uma vaga para seu partido], mas só espero que ele defenda um direito de todos, porque na hora de discutir a vaga, eu só quero discutir a minha. Qual o sentido do PP ter duas vagas e o PT só uma? Então vamos ter que discutir isso, mas essa é uma tarefa do senhor governador”, destacou.

Nessas eleições, apenas duas vagas estão disponíveis para o Senado. Na chapa de Wellington, ele já manifestou apoio ao senador Ciro, mas não decidiu que outro candidato apoiaria. O deputado Júlio César (PSD) e o prefeito Gil Carlos (PT) já manifestaram interesse.

Regina Sousa destacou que não irá desistir de ser candidata e que vai lutar pela sua candidatura. “Claro [que vou lutar pela vaga]. Estou batalhando, estou viajando, discutindo com o povo, então não vou abrir mão fácil não”, afirmou.