Esportes

Regina Sousa critica Neymar após divulgação de fotos íntimas

Ela acredita que as fotos deviam ter sido mostradas apenas no processo de defesa dele, pois ao divulgar o vídeo acabou expondo a mulher.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
03/06/2019 09h55 - atualizado 05/06/2019 22h14

A vice-governadora Regina Sousa (PT) criticou nessa segunda-feira (3) o jogador Neymar após ele divulgar fotos íntimas de Najila Trindade Mendes de Souzaem uma conversa pelo WhatsApp, após ser acusado de estupro.

Uma mulher registrou no dia 15 de maio um Boletim de Ocorrência afirmando que foi estuprada pelo jogador Neymar em Paris, na França. O caso foi divulgado na mídia apenas no dia 1º e junho. No mesmo dia o jogador Neymar gravou um vídeo, afirmando que estava sendo vítima de extorsão e decidiu expor as supostas conversas íntimas que teve com a jovem por meio do WhatsApp.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Regina SousaRegina Sousa

Na troca de mensagens, o jogador convida a jovem para ir a Paris com uma amiga, com tudo pago. Há mensagens dos dois marcando encontro no dia 15 de maio, quando teria ocorrido o suposto estupro, e um dia depois, 16 de maio, a jovem chama o jogador para um novo encontro. Entre as conversas, a mulher manda várias fotos íntimas suas que acabaram sendo expostas pelo jogador quando ele divulgou o vídeo.

Regina Sousa criticou a divulgação das fotos e afirmou que também se trata de uma forma de estupro. “Eu acho que no momento que ele publicou, não só o Neymar, qualquer pessoa, homem ou mulher que publica fotos íntimas está cometendo um estupro, pois estupro não é só físico não, é quando faz alguma coisa que agride demais, então ele não podia fazer isso não”, criticou.

  • Foto: Instagram/Neymar JrNeymar JrNeymar Jr

Ela acredita que as fotos deviam ter sido mostradas apenas no processo de defesa dele, pois ao divulgar o vídeo acabou expondo a mulher. “É um direito dele usar na defesa dele, mas sem expor. ‘Ah, mas ele borrou a cara dela’, eu não conheço ela, mas quantas pessoas conhecem e sabem que é ela? E o caso vai andar e vão saber quem é. Então foi muita infelicidade ou ele está muito mal orientado, então isso serve para todos os homens. Então ele teria que ir na Justiça provar que não cometeu [o estupro], agora ao publicar, pra mim, ele cometeu outro crime”, disse a vice-governadora.

A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) do Rio de Janeiro, está investigando a divulgação das fotos realizadas pelo jogador Neymar.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mulher registra B.O contra Neymar e o acusa de estupro

Neymar se defende de acusação de estupro e divulga troca de mensagens

Polícia Civil vai à Granja Comary apurar divulgação de vídeo de Neymar