Teresina - PI

Regina Sousa é contra definição antecipada de candidato do PT

Durante o Congresso Estadual de Assistência Social do Piauí na manhã desta terça-feira (29), Regina disse que teme que o candidato escolhido seja massacrado.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
29/10/2019 21h10 - atualizado 21h15

A governadora em exercício Regina Sousa discorda da ideia de que o Partido dos Trabalhadores deva lançar logo seu candidato a prefeito de Teresina para o pleito de 2020. Durante o Congresso Estadual de Assistência Social do Piauí na manhã desta terça-feira (29), Regina disse que teme que o candidato escolhido seja massacrado.

O PT deve definir na quarta-feira (30) o nome do candidato a prefeito pela sigla. Colocaram seus nomes na disputa os deputados estaduais Franzé Silva, Fábio Novo e o ativista social Júnior do MP3.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Regina SousaRegina Sousa

“Eu acho que escolher candidato agora, nesse momento, ele vai ser o foco, pode ser massacrado pela crítica. Quando chegar em março ele pode estar cansado de tanto se defender, de tanto responder. Não acho que seja a hora, mas o diretório municipal é soberano”, declarou.

“Não vejo os outros lançando, porque o PT tem que lançar? Vejo uma cobrança da mídia pelo candidato do PT. Porque o PT tem que lançar candidato e os outros não? Vamos lançar todo mundo junto. É a minha opinião”, continuou.

Mostrar tamanho

Regina defendeu a recomendação do ex-presidente Lula de que em todas as capitais e cidades grandes o PT tenha candidato próprio. A intenção, segundo Regina, é mostrar o real tamanho da legenda.

“O Lula não determinou, ele recomendou. Ele recomendou porque é um recomeço do partido também. Esse partido foi massacrado, foi pisado. Então é importante a gente lançar a cara nas eleições, independente de ganhar ou não a eleição, mas o que a gente tiver de voto é dizer ‘aquilo é o PT’. Se a gente não lança candidato a gente não sabe que tamanho é o PT. Em todas as capitais eu sempre fui a favor da candidatura própria”, finalizou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Fábio Novo vai ser o escolhido do PT para disputar prefeitura

“Quem tem 2 ou 3 candidatos não tem nenhum”, diz Wellington ao PT