Coronavírus no Piauí

Respiradores do Piauí confiscados pelo Ministério da Saúde são apreendidos em SP

A busca e apreensão foi feita na noite de terça-feira (26) em Osasco e foi determinada pelo juiz Márcio Braga Magalhães, da 2ª Vara Federal, que obrigou a União a devolver os respiradores.

Andressa Martins
Teresina
27/05/2020 11h47 - atualizado 11h59

O coordenador de Comunicação do Governo do Estado do Piauí, Allisson Bacelar, confirmou ao GP1 na manhã desta quarta-feira (27) que foi cumprido um mandado de busca e apreensão de 20 respiradores mecânicos comprados pelo Piauí e que haviam sido confiscadas pelo Ministério da Saúde.

Ainda conforme Bacelar, os 20 respiradores fazem parte do montante de 81 equipamentos que foram retidos pelo Governo Federal. A busca e apreensão foi feita na noite de terça-feira (26) em Osasco e foi determinada pelo juiz Márcio Braga Magalhães, da 2ª Vara Federal, que obrigou a União a devolver os respiradores.

  • Foto: Secom/BahiaAllisson BacelarAllisson Bacelar

“Fazem parte dos 81 respiradores comprados pelo estado que foram retidos em São Paulo. O Governo entrou com uma ação judicial e esteve na fábrica com um oficial de justiça para poder pegar os equipamentos. Hoje à tarde já devem chegar 20 respiradores e mais ao longo da semana”, afirmou o coordenador de Comunicação.

Os respiradores são usados em casos de infectados com o novo coronavírus (covid-19) que estão em estado mais grave e que precisam de ventilação mecânica por conta de algum problema pulmonar. Mais de 50% dos leitos com respiradores no estado já estão ocupados.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Covid-19: STF libera respiradores retidos na Justiça para o Piauí

Juiz manda apreender 41 respiradores para que sejam entregues ao Piauí

Juiz manda empresas entregarem 80 respiradores ao Piauí em 48 horas