Piauí

Retrospectiva: Piauí registrou mais de 20 latrocínios em 2017

Somente em dezembro deste ano, foram registrados dois crimes desta natureza.

Nayrana Meireles
Teresina
31/12/2017 18h53 - atualizado 19h56

Levantamento realizado pelo GP1, aponta que pelo menos 26 latrocínios (roubo seguido morte, ou a tentativa de roubo, que ocaisionou morte) foram registrados no estado do Piauí, somente no ano de 2017.

Somente em dezembro deste ano, foram registrados dois crimes desta natureza. O primeiro aconteceu no dia 11 de dezembro, quando um homem teve seu celular roubado, foi esganado e seu corpo jogado em um riacho de Piripiri. Já o último latrocínio do ano foi registrado no dia 21 de dezembro. Um homem identificado como Francisco das Chagas Pereira, foi morto com um tiro na cabeça no bairro Socopo após uma tentativa de assalto.

Houve ainda crimes de grande repercussão, como o caso da morte do Major Mayron, comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar do Piauí, ocorrido no dia 21 de março deste ano. Ele estava à paisana e foi assassinado com um tiro no peito esquerdo durante um assalto na região do bairro Todos os Santos, próximo de sua casa, na zona leste de Teresina.

Outro caso de grande repercussão foi a morte do funcionário da empresa R. Damásio, Marco Antônio de Oliveira, cujo corpo foi encontrado no dia 12 de junho, ao lado de um carro incendiado na zona rural de Timon. A polícia suspeita que ele tenha sido morto em Teresina e seu corpo levado, junto com o veículo para Timon, no Maranhão.

Confira o levantamento do GP1

Janeiro

No dia 23 de janeiro, o taxista Francisco Hélio da Costa Silva, de 38 anos, foi assassinado após uma tentativa de assalto na Rua 06, no loteamento Bela Vista III, zona sul de Teresina. Ele teve diversas perfurações de faca no braço e tórax. Os taxistas chegaram a fazer um protesto pela falta de segurança.

  • Foto: GP1Carro do taxista assassinadoCarro do taxista assassinado

No dia 30 de janeiro, um jovem identificado como Ítalo Diego de Sousa foi morto após uma tentativa de assalto. Ele foi abordado por indivíduos na Ponte Juscelino Kubitschek, que liga a zona leste ao centro da Cidade e esfaqueado no posto King da Avenida João XXIII. A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Os assaltantes não chegaram a levar os pertences do jovem.

Fevereiro

Um homem identificado como Márcio Lopes de Souza, de 25 anos, foi morto com um tiro próximo ao peito esquerdo, na madrugada do dia 04 de fevereiro, no residencial Jacinta Andrade, após reagir a um assalto. Segundo o tenente Elivaldo Moraes, do 13ª Batalhão, a vítima estava em sua residência consumindo bebida alcoólica e usando drogas com mais quatro pessoas, quando o suspeito, chamado Igor, vulgo ‘Baiano’, entrou na casa para realizar um assalto e com a reação das pessoas, acabou acertado um tiro em Márcio, que veio a óbito ainda no local.

No dia 18 de fevereiro, um vigilante noturno identificado como Lucas Lima Dias, de 29 anos, foi morto a tiros no município de Aroazes. Ele estava em serviço, juntamente com um companheiro, quando foram abordados por três criminosos, que tomaram os celulares das vítimas e um deles atirou várias vezes contra Lucas, que morreu na hora.

O proprietário do depósito LM Bebidas e Gás, Leandro César Sousa Gonçalves, foi assassinado a tiros após reagir a uma tentativa de assalto no dia 20 de fevereiro, no bairro Lourival Parente, zona sul de Teresina. Segundo o delegado Anchieta Pontes, a vítima vinha da cidade de Demerval Lobão, com uma quantia no valor de R$ 21.840,40 dentro de seu veículo, um Cobalt prata. O dinheiro não foi levado pelos bandidos.

  • Foto: FacebookEmpresário Leandro Empresário Leandro

Março

O major Mayron foi assassinado, no dia 21 de março deste ano, com um tiro no peito durante um assalto no bairro Todos os Santos, na zona Sudeste de Teresina. Ele estava em um carro com seu filho, próximo a uma parada de ônibus, esperando a sua filha chegar. Quando desceu do carro foi abordado pelos bandidos e mesmo sem reagir foi assassinado. Os dois acusados pelo crime foram presos e condenados a 33 anos de prisão.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Major Mayron MouraMajor Mayron Moura

O crime ganhou muita repercussão, pois além de ser o comandante do 1º Batalhão, ele era muito querido pelos membros da polícia e pela imprensa, onde era conhecido pela sua cordialidade.

Maio

Gonçalves da Rocha Silva, de 53 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto em frente ao Escolão do bairro Piçarreira, localizado na zona leste de Teresina, no dia 7 de maio. A vítima estava dentro de seu veículo, quando foi abordada por dois criminosos. Depois de dizer que não tinha nada para entregar aos assaltantes, a vítima foi atingida com um disparo na cabeça e morreu no local.

O idoso Francisco Pereira Sobrinho, 81 anos, foi assassinado cruelmente a pauladas no dia 13 de maio dentro de sua residência na cidade de Picos. Os acusados do crime, Jonny da Silva Geraldo e José Ismael Meneses Alves, foram presos pela Polícia Militar do Piauí. Os policiais que compareceram à casa da vítima foram informados de que alguns pertences tinham sido roubados e constataram que os objetos mencionados correspondiam aos que foram encontrados com os suspeitos.

No dia 27 de maio, quatro homens em duas motos realizaram uma tentativa de assalto no Mercantil Diego, na região da Taboca do Pau Ferrado, zona sudeste de Teresina, e um deles matou um jovem identificado como Antônio Felipe da Silva Oliveira, de 22 anos, que reagiu a ação. No momento em que os bandidos anunciaram o assalto, Antônio Felipe, que estava sentando, reagiu involuntariamente, nesse instante um dos assaltantes atirou contra a vítima na região do pescoço. Os criminosos fugiram sem levar nada.

  • Foto: Divulgação/PMVítima foi morta a pedradasVítima foi morta a pedradas

Um homem identificado como Francisco Ramos Machado de Sousa, foi assassinado na madrugada de 27 de maio, no bairro Cidade Jardim, zona leste de Teresina. De acordo com a Polícia Militar, ele foi morto a pedradas, depois de reagir a um assalto.

Junho

O administrador Marco Antônio de Oliveira desapareceu, no dia 04 de junho, depois que saiu de sua residência, em Teresina, em seu veículo. O corpo do jovem foi encontrado sete dias depois, em estado de decomposição, próximo de seu carro incendiado, na zona rural de Timon.

  • Foto: Facebook/Danilo DamásioMarco AntônioMarco Antônio

No dia 18 de junho um dos envolvidos, José de Jesus Pinto Neto, foi preso no bairro Cidade Nova. José de Jesus confessou participação no crime, mas negou que ele e os comparsas atearam fogo no carro de Marco Antônio. Dois dias após a prisão de José, o menor que participou do crime se entregou à polícia, mas não ficou apreendido, pois não havia local adequado para alojá-lo.

O terceiro envolvido, Ricardo Cesar Ferreira Barbosa, se entregou na Delegacia de Homicídios de Timon-MA, no dia 24 de junho.

Um homem identificado como João Antonio da Silva, 49 anos, natural de Recife (PE), foi assassinado durante assalto no dia 19 de junho, quando ia descarregar produtos alimentícios no restaurante Coco Bambu, localizado na Avenida Dom Severino, zona leste de Teresina. A vítima levou um tiro abaixo do peito esquerdo depois de ter sido abordada por dois bandidos em uma motocicleta. De acordo com o Capitão Tales, do 5º Batalhão da Polícia Militar, a vítima estava falando ao celular na esquina do restaurante quando foi surpreendida pela dupla, que roubou o aparelho e disparou contra a vítima.

  • Foto: Lucas Marreiros/GP1Corpo da vítima, Valdemir Prado NetoCorpo da vítima, Valdemir Prado Neto

Julho

Um homem identificado como Aderson Luiz Nascimento, de 49 anos, foi assassinado com uma facada nas costas durante uma tentativa de assalto em um bar no dia 7 de julho, por volta das 22h. O latrocínio ocorreu em um estabelecimento localizado no bairro Mocambinho, próximo da Igreja Joana d'Arc, zona norte de Teresina. Conforme o delegado Barêtta, coordenador da Delegacia de Homicídios, o dono do estabelecimento tinha um facão e reagiu ao assalto.

Kleber Sebastião Pimenta Rocha, de 30 anos, morreu na madrugada do dia 17 de junho no Hospital de Urgência de Teresina – HUT. Ele foi alvejado por um disparo de arma de fogo no peito, durante assalto. De acordo com o delegado Barêtta, da Delegacia de Homicídios, a vítima estava sentada em frente sua residência, quando foi abordado por criminosos que chegaram fazendo um arrastão. Mesmo o homem entregando os objetos, ele acabou sendo baleado.

Agosto

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Local onde o comerciante foi mortoLocal onde o comerciante foi morto

Um comerciante identificado como Edwar Pereira, 56 anos, foi assassinado no dia 10 de agosto, ao reagir a um assalto no bairro Parque Piauí, na zona sul da Teresina. De acordo com informações do tenente Gomes, CPU do 6º Batalhão da Polícia Militar, quatro bandidos em duas motocicletas foram assaltar o estabelecimento e o proprietário reagiu, sendo atingido no peito. A vítima ainda chegou a ser encaminhada ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT) em um táxi, mas não resistiu ao ferimento.

Setembro

  • Foto: Facebook/Givenildo FerreiraGivenildo FerreiraGivenildo Ferreira

Givenildo Ferreira da Silva foi assassinado a tiros na noite de 4 de setembro, em um bar povoado Santa Teresa, zona rural leste de Teresina, por um indivíduo ainda não identificado. De acordo com o agente Assis, a vítima estava na companhia de mais três pessoas quando o sujeito desceu de um veículo, um Fiat Uno verde escuro, e pediu seu aparelho de celular. O agente contou que, antes de Givenildo entregar o celular, o indivíduo atirou duas vezes contra ele. Ainda segundo os levantamentos da polícia, a vítima não possuía envolvimento com crimes.

  • Foto: Divulgação/Polícia Civil/Reprodução/FacebookFrancinaldo dos Santos confirma ter participado da morte de Ozires de CastroFrancinaldo dos Santos confirma ter participado da morte de Ozires de Castro

Ozires Machado, de 28 anos, assessor de um juiz do Maranhão, foi alvejado com um tiro na cabeça na zona sul de Teresina, no dia 11 de setembro. O rapaz era sobrinho do ex-prefeito de Cabeceiras, José Ozires.

Ele ainda foi encaminhado ao Hospital de Urgência de Teresina, mas morreu no dia seguinte, após uma parada cardiorrespiratória, provocada por um traumatismo craniano. Uma câmera de segurança flagrou a ação dos bandidos e o momento que Ozires tentou escapar do assalto.

Um dos envolvidos no crime, Francinaldo dos Santos Batista foi preso três dias depois pela Delegacia de Homicídios.

Em vídeo divulgado pela Polícia Civil, Francinaldo dá detalhes do latrocínio. Ele confirma ter usado a arma para atirar no chão, mas alega que seu comparsa, que está foragido, foi quem efetuou o disparo que matou o advogado.

Edimar Alves da Silva foi assassinado com vários disparos de arma de fogo na noite de 17 de setembro. O corpo da vítima só foi encontrado na madrugada do dia 18, por volta das 03h, no Povoado São Joaquim, próximo da cidade de União. Conforme o capitão Pedro, de José de Freitas a polícia acredita que foi latrocínio, pois levaram a motocicleta da vítima.

Severino Lima da Silva, de 77 anos, foi assassinado com um tiro no peito após esboçar uma reação durante tentativa de assalto no bairro Bela Vista I, no final da tarde de 18 de setembro. O idoso é pai do juiz federal do estado do Maranhão, José Valterson Lima, de um taxista da Teletáxi e mais três filhas.

  • Foto: Facebook/Aristony GomesIdoso Severino LimaIdoso Severino Lima

Segundo informações do tenente Gomes, do 6° Batalhão da Polícia Militar, o idoso estava sentado na porta de casa com a esposa, com uma flauta na mão, como fazia comumente nos fins de tarde, quando dois homens em uma moto chegaram e anunciaram o assalto. Severino se assustou e levantou da cadeira. Os criminosos acharam que o objeto que ele carregava era uma arma e atiraram no idoso.

Outubro

Na madrugada de 17 de outubro, o funcionário da Vikstar, Lucas Borges Pontes Neto, de 24 anos, foi assassinado durante um assalto na frente da própria residência, localizada no Jardim Uruguai, bairro Vale do Gavião, zona leste de Teresina.

  • Foto: Facebook/Lucas PontesLucas Pontes Lucas Pontes

De acordo com informações repassadas pelo capitão Hidelbrando, do 5° Batalhão da Polícia Militar, Lucas Pontes estava chegando do trabalho, quando foi abordado pelos suspeitos, que levaram o veículo da vítima um Fiat Uno, cor cinza, placa PIF 9811 e efetuaram um disparo que atingiu o tórax do jovem.

  • Foto: Facebook/Rubens PimentelRubens PimentelRubens Pimentel

Rubens de Amorim Pimentel, de 35 anos, foi assassinado com um tiro na madrugada de 18 de outubro, durante um assalto na Avenida Principal do Parque Eliane, localizada na região da Vila Irmã Dulce, zona sul de Teresina. De acordo com informações do tenente Ferreira, da Companhia Independente de Policiamento do Promorar, os suspeitos de terem cometido o latrocínio roubaram o celular da vítima.

Novembro

No dia 17 de novembro, Elias Santos Júnior, de 14 anos, morreu com um golpe de faca no peito, após reagir a assalto dentro do Parque da Cidade, na zona norte de Teresina.

  • Foto: FacebookElias Júnior  Elias Júnior

Segundo informações da tenente-coronel Elza, o estudante estava no Parque da Cidade, quando um casal se aproximou em uma motocicleta, e roubou seu celular. Ele tentou correr para recuperar o aparelho porém foi esfaqueado no peito. O adolescente chegou a ser socorrido encaminhado para o Hospital do bairro Primavera, mas já chegou sem vida ao local.

Um homem identificado como Renato, foi assaltado e assassinado ao sair do trabalho na cidade de Piripiri, que fica localizada a 159 quilômetros da capital Teresina. De acordo com informações do tenente Vagner, da Polícia Militar, a vítima estava fechando o local em que trabalhava quando dois elementos o abordaram, o roubaram e deferiram quatro disparos de arma de fogo contra a vítima, que veio a óbito ainda no local.

Dezembro

Alex Magalhães, de 30 anos, foi vítima de um latrocínio na madrugada de 11 de dezembro, no município de Piripiri, localizado a cerca de 160 quilômetros de Teresina. De acordo com informações do delegado Jorge Terceiro, do 1º Distrito Policial, o corpo da vítima foi encontrado dentro de um riacho.

Segundo ele, o criminoso e a vítima estavam bebendo no mesmo bar, quando foi iniciada uma discussão por causa do celular da de Alex. Eles então iniciaram uma luta corporal e foram para um riacho próximo ao bar. Lá o criminoso derrubou a vítima e o esganou com uma blusa. Ao cair, o homem bateu a cabeça em um objeto pontudo e veio a óbito. O criminoso então jogou o corpo da vítima dentro do riacho e fugiu com o celular.

  • Foto: Débora Dayllin/GP1Homem é morto no bairro SocopoHomem é morto no bairro Socopo

Francisco das Chagas Pereira foi morto na tarde de 21 de dezembro, na Rua Paulo IV, no bairro Socopo, zona leste de Teresina. Segundo informações do delegado Marcelo Leal, populares relataram que dois homens em uma moto, suspeitos de terem tentado assaltar um ônibus coletivo na região, ao não lograrem êxito na ação, tentaram roubar a vítima, que foi alvejada, e morreu no local. A vítima estava com uma motocicleta e um aparelho celular, que não foram levados durante ação.