Política

Revista Crusoé diz que Kássio Marques plagiou dissertação de mestrado

Para identificar os trechos plagiados, a Crusoé usou a ferramenta “Plagium”, que detectou dezenas de passagens da dissertação de Kássio que reproduzem partes de artigos do advogado Tourinho Leal.

Wanessa Gommes
Teresina
07/10/2020 15h57 - atualizado 16h56

A revista Crusoé publicou, nesta quarta-feira (07), reportagem na qual afirma que o desembargador piauiense do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), Kássio Nunes Marques, indicado por Jair Bolsonaro para assumir a vaga aberta no Supremo Tribunal Federal (STF) com a aposentadoria de Celso de Mello, plagiou a dissertação de mestrado apresentada à Universidade Autônoma de Lisboa em 2015.

Segundo a revista, a dissertação contém trechos inteiros copiados de artigos que foram publicados na internet pelo advogado Saul Tourinho Leal, integrante da banca de advocacia do ex-ministro do STF, Carlos Ayres Brito, e também piauiense.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Kassio NunesKassio Nunes

“A dissertação repete até um erro de português contido em um dos artigos do advogado – o que indica ter havido, na elaboração da dissertação, um “copia e cola” a partir dos textos do advogado”, diz trecho da reportagem.

Para identificar os trechos plagiados, a Crusoé utilizou a ferramenta “Plagium”, disponível na internet, que detectou dezenas de passagens da dissertação de Kássio Marques que reproduzem partes de artigos de Tourinho Leal, que, de acordo com a revista, não é mencionado no referido trabalho acadêmico.

A publicação também questiona se a dissertação foi realmente escrita pelo desembargador, já que o arquivo do texto, disponibilizado na internet, registra o nome "Saul" como autor do documento, o que leva à suspeita de que Tourinho pode ter ajudado Kássio a escrever a dissertação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Kassio Marques admite que não fez pós-graduação na Espanha

“Fará história no STF”, diz Norberto Campelo sobre Kássio Marques

Políticos piauienses comemoram indicação de Kássio Marques ao STF

Indicação de Kássio Marques ao STF é publicada no Diário Oficial da União