Política

Ricardo Barros libera R$ 436 milhões para aliados de Michel Temer

O Ministério da Saúde é quem mais recebe emendas parlamentares, por isso, o esforço para a liberação de recursos no fim do ano tem também um componente político: agradar a base parlamentar de Temer.

Bárbara Rodrigues
Teresina
01/01/2018 18h30 - atualizado 18h47

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, liberou quase meio bilhão de reais em recursos a centenas de municípios aliados ao governo de Michel Temer, informou O Globo. A liberação foi publicada no Diário Oficial da União no sábado, dia 30 de dezembro, teve 74 páginas, todas elas com portarias da pasta.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Ministro Ricardo BarrosMinistro Ricardo Barros

Ricardo Barros ainda publicou um vídeo afirmando que a liberação era para honrar compromisso com “parceiros” do governo de Michel Temer. “Temos mais um diário oficial extra para empenhar e pagar todos os compromissos que assumimos aqui com nossos parceiros parlamentares, com nossos prefeitos, secretários de estado, que colaboraram com suas propostas para que as decisões do presidente Temer possam ser efetivadas”, disse o ministro em vídeo.

Segundo O Globo, as portarias publicadas no dia 30 de novembro mostram liberações foram de R$ 436 milhões. Boa parte dos recursos liberados “no apagar das luzes de 2017” foram para emendas parlamentares.

O Ministério da Saúde é quem mais recebe emendas parlamentares, por isso, o esforço para a liberação de recursos no fim do ano tem também um componente político: agradar a base parlamentar de Temer.

Mais conteúdo sobre: