Brasil

Rodrigo Maia defende urgência em mudanças na Previdência

A votação deverá acontecer em fevereiro, logo após o retorno dos parlamentares do recesso.

Bárbara Rodrigues
Teresina
02/01/2018 21h40 - atualizado 21h42

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a urgência para a aprovação da reforma da Previdência. A votação deverá acontecer em fevereiro, logo após o retorno dos parlamentares do recesso, informou o Estadão.

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoRodrigo MaiaRodrigo Maia

Recentemente Rodrigo Maia revelou que está entre os nomes cotados pelo seu partido para disputar a eleição presidencial neste ano. Um dos principais aliados de Michel Temer, ele usou a rede social Twitter para defender a proposta, destacando que “adiar a aprovação desta reforma é empurrar para o futuro a urgência de uma agenda social que mude de fato a vida do brasileiro".

O deputado federal destacou ainda que essa é “a mais importante reforma social do país” e que aprovar a reforma da Previdência é "a única forma de garantirmos que o aposentado, o servidor público, o trabalhador jovem irão receber suas aposentadorias num futuro próximo".

O governo ainda tenta conseguir apoio suficiente para aprovar a reforma da Previdência, onde precisa de pelo menos 308 votos. O governo tem feito a liberação de recursos com o objetivo de agradar os aliados