Política

Rodrigo Martins diz que 2017 foi um ano de pouca produtividade

"Pouca produção legislativa em plenário, principalmente de matérias importantes que deveriam ser encampadas e votadas pelo Congresso", disse ele.

Germana Chaves
Teresina
26/12/2017 12h22 - atualizado 12h23

O deputado federal pelo Piauí, Rodrigo Martins fez um balanço das atividades na Câmara Federal e afirmou que esse ano foi de pouca produção legislativa em plenário e lamentou a ausência de pautas positivas com apoio do presidente Michel Temer (MDB). O parlamentar também criticou a insistência do Governo Federal em votar a Reforma da Previdência sem o debate necessário.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Rodrigo MartinsRodrigo Martins

“De maneira geral acredito que o ano não diferenciou dos anteriores desta legislatura em relação a denúncias de corrupção e com pouca produção legislativa em plenário, principalmente de matérias importantes que deveriam ser encampadas e votadas pelo Congresso. Também foi um ano marcado por ausência de pauta positiva e de apoio popular por parte do executivo, que insistiu até o último momento para votação da Reforma da Previdência, sem que tenha feito um debate transparente com a população”, lamentou o deputado.

Rodrigo Martins espera que a economia brasileira se recupere em 2018. “Espero que 2018 seja um ano mais produtivo, que a estabilidade econômica possa gerar pautas mais positivas e que o governo possa encaminhar matérias que realmente impacte na melhoria do povo.”

Mais conteúdo sobre: