Teresina - PI

Sargento da Polícia Militar é morto a tiros no bairro Porto Alegre

As investigações ficarão sob responsabilidade do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Wanessa Gommes
Teresina
Thais Guimarães
Teresina
04/08/2020 20h32 - atualizado 21h25

Um sargento da Polícia Militar do Piauí, identificado como Marcos Roberto Freitas, foi morto a tiros, na noite desta terça-feira (04), no bairro Porto Alegre, zona sul de Teresina. Policiais do 17º BPM foram acionados e estão no local.

Segundo informações da polícia, o sargento trabalhava no sistema penitenciário. Uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) foi acionada, mas quando chegou ao local, o policial já estava morto.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppSargento Marcos RobertoSargento Marcos Roberto

De acordo com o capitão Franco, do 17º BPM, populares informaram que o policial reagiu e acertou um dos bandidos. “Quando chegamos populares informaram que era um policial e que a arma estava próxima do corpo. Eles contaram ainda que eram duas pessoas em uma moto, se passando por delivery, e que foram três tiros, o primeiro teria sido do policial que também estava em uma moto e acertou um deles e os outros dois dos bandidos”, relatou.

  • Foto: Thais Guimarães/GP1Motocicleta do sargento Marcos RobertoMotocicleta do sargento Marcos Roberto

Segundo uma testemunha, o policial foi até a casa dela para entregar uma encomenda. “Ele é casado com uma sobrinha da minha sogra e veio deixar uma encomenda pra minha sogra. Os dois homens chegaram em uma moto. Ele ia entrar no serviço agora à noite”, contou a mulher.

Marcos Roberto foi promovido a 3º sargento pelo critério de Mérito Intelectual pelo comandante geral, coronel Lindomar Castilho, no dia 17 de junho deste ano.

  • Foto: Thais Guimarães/GP1Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrênciaPolícia Militar foi acionada para atender a ocorrência

As investigações ficarão sob responsabilidade do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Terceiro policial militar morto em 14 dias

O sargento Marcos Roberto é o 3º policial militar morto em apenas duas semanas em Teresina. O soldado Lídio Roberto de Sousa Mesquita, lotado no 13º Batalhão da Polícia Militar do Piauí, foi assassinado com um disparo de arma de fogo na cabeça durante assalto, no dia 22 de julho, às 14h13 na Rua Londrina, na Vila São Francisco, situado na zona norte de Teresina.

O segundo policial foi o capitão Adonias Pedreiras dos Santos Lopes, 63 anos. Ele foi baleado na cabeça durante um assalto no dia 24 de julho, no bairro Primavera, no entanto, depois de 12 dias internado, ele não resistiu e morreu, nesta terça-feira (04), no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Capitão da Polícia Militar baleado durante assalto morre no HUT

Capitão da PM é baleado durante assalto no bairro Primavera

Policial é assassinado durante assalto na zona norte de Teresina