Teresina - PI

Secretaria de Justiça do Piauí suspende visitas aos presídios

Conforme a portaria assinada nessa terça-feira (17), pelo secretário Carlos Edilson, a ação visa combater a propagação do novo coronavírus.

Jonas Carvalho
Teresina
18/03/2020 08h37 - atualizado 09h05

A Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (SEJUS) suspendeu visitas íntimas e sociais a detentos lotados nas unidades prisionais do estado durante o período de 15 dias. Conforme a portaria assinada nessa terça-feira (17), pelo secretário Carlos Edilson, a ação visa combater a propagação do novo coronavírus.

Por meio de nota, a Sejus informou que a medida também proíbe a entrada de líderes religiosos, advogados e defensores públicos. Outra medida adota pela Secretaria foi suspender o recambiamento interestadual e escolta de presos durante o período.

Ainda de acordo com a nota publicada, o órgão deverá reavaliar as medidas impostas durante o prazo de suspensão, mantendo ou não as exigências para sanar o avanço do COVID-19.

Confira a nota na íntegra

O Secretário de Estado da Justiça, Carlos Edilson, assinou, nesta terça-feira(17), uma portaria em que determina a suspensão de visitas, pelo período de 15 (quinze) dias, em todas as unidades prisionais do Piauí. A medida tem como objetivo prevenir o contágio do coronavírus (Covid-19) no sistema prisional, preservando, assim, a integridade de servidores e detentos.

A portaria determina suspensão de visitas sociais e íntimas, além da entrada de membros de igrejas para a assistência religiosa, atendimento de advogados e defensores públicos, e, ainda, a suspensão de recambiamentos interestaduais de presos e escoltas de presos custodiados no Piauí.

As medidas previstas na portaria da Secretaria de Justiça poderão ser reavaliadas a qualquer momento, mesmo antes dos prazos indicados.