Teresina - PI

Servidor público é morto a facadas após sair de festa em Teresina

Segundo o cabo Valdinar, do 8º Batalhão da Polícia Militar, a vítima foi golpeada pelo menos duas vezes.

Nayrana Meireles
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
08/04/2019 09h21 - atualizado 11h09

Funcionário público é morto a facadas na Taboca do Pau Ferrado

Um funcionário público da Prefeitura de São Félix do Piauí, identificado como Edmilson Bezerra foi assassinado a facadas na madrugada desta segunda-feira (08), após sair de uma festa no Povoado Taboca do Pau Ferrado, na zona sudeste de Teresina.

Segundo o cabo Valdinar, do 8º Batalhão da Polícia Militar, a vítima foi golpeada quatro vezes. "Ele encontrava-se num evento aqui, numa festa na localidade Taboca do Pau Ferrado e segundo populares ele saiu em um veículo de cor preta não identificado com outras quatro pessoas, mas isso é só especulação porque um parente dele disse que ele tem uma motocicleta Pop 100 e estava nessa moto, então há controversas. O SAMU, quando acionado constatou que o óbito aconteceu por volta de 3h da madrugada. Óbito causado por arma branca", informou.

Ainda de acordo com o cabo, ainda não se sabe o que motivou o crime e não há sinais de luta corporal. "Não achamos a arma do crime. Não há indícios de luta corporal e encontramos o corpo por volta de 7h20. Populares não sabem precisar como aconteceu o crime", finalizou.

Luciana, amiga da vítima, relatou que Edmilson sempre viajava para Teresina, para encontrar o pai e amigos. "Conhecia ele desde 2009. Ele tem uma casa aqui perto, mas não morava aqui. Ele sempre vinha para Teresina porque o pai dele mora no bairro Ilhotas. Ele gosta mais de ficar por aqui, pois ele tem uns amigos aqui na taboca. Ele me considerava como uma irmã, para mim era como se ele fosse da família. No sábado ele saiu para uma festa e chegou por volta de 4h. Ele dormiu na minha casa, até umas 10h e depois que acordou, tomou café. Também almoçamos juntos. Mais tarde chegou um pessoal para beber no meu bar e ele começou a tocar violão com eles. Quando foi umas 13h30 nós fomos para o bairro São João, para a casa de uma filha minha. Já às 18h viemos embora. Depois ele saiu dizendo que ia para um bingo e não vi mais ele", relatou

Luciana disse ainda que Edmilson não tinha inimizades. "Eu nunca vi ele com inimizade com ninguém. Era uma pessoa muito boa, popular, todo mundo gostava dele", completou.

Edmilson Bezerra era motorista de ambulância do município de São Félix do Piauí. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o caso.

Mais conteúdo sobre: