Lagoa do Sítio - PI

Sesapi investiga caso suspeito de sarampo originário do Piauí

“Foram colhidas amostras e enviadas para serem examinadas no instituto Adolfo Lutz. Só o exame dirá se é autóctone ou importado”, explicou Elida.

Liane Cardoso
Teresina
12/11/2019 12h45 - atualizado 12h45

A Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) está investigando mais um caso de Sarampo no estado, que dessa vez pode ser o primeiro de origem do Piauí. A vítima é um bebê de apenas nove meses de idade, que reside no município de Lagoa do Sitio, localizado a 240 km de Teresina.

A Sesapi informou que mesmo não confirmando que o caso é originário do Piauí, alguns levantamentos já estão sendo realizados. “Foram colhidas amostras e enviadas para serem examinadas no instituto Adolfo Lutz. Só o exame dirá se é autóctone ou importado”, explicou Elida, assessora do órgão.

Ela relata ainda que ao todo já são oito casos importados confirmados da doença no Estado. “Dentre os casos constatados, uma das primeiras ocorrências foi também na cidade de Lagoa do Sítio” disse.

Existem ainda 33 pessoas com suspeita da doença. Nesse momento, o bebê contaminado com sarampo, apresenta um quadro estável e está em casa com a família.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sarampo: Piauí é o 3º estado do Nordeste com menor vacinação

FMS esclarece quem deve tomar a vacina contra o sarampo

Crianças entre 6 meses devem ser vacinadas contra o sarampo no Brasil

Mais conteúdo sobre: