Picos - PI

Severo Eulálio diz que é inconcebível PMDB ficar fora da chapa majoritária

A declaração foi feita durante visita do deputado a Picos na manhã de ontem, quando participou de encontro municipalista.

Raisa Brito
Chefe de Redação
16/12/2017 17h28 - atualizado 17h30

O deputado Severo Eulálio Neto disse ontem, 15, durante visita a Picos, que é inconcebível se pensar o PMDB está votando no governador Wellington Dias (PT) sem ter participação na chapa majoritária. O parlamentar ressaltou, porém, que é prematuro o partido falar em deixar a base do governo.

Severo Eulálio destacou que o PMDB conta com sete deputados estaduais, um deputado federal, um senador e um suplente de deputado federal de aproximadamente 90 mil votos. Além de vários prefeitos e gestores municipais ligados aos deputados, mas que são filiados a outras legendas.

  • Foto: GP1Deputado diz que é legítimo PMDB querer vaga de viceDeputado diz que é legítimo PMDB querer vaga de vice

“Então, é inconcebível falar-se do PMDB está votando no governador Wellington Dias (PT) sem ter participação na chapa majoritária, mas acredito que isso será resolvido. O próprio governador já anunciou na televisão que nós vamos fazer parte de uma das quatro vagas na chapa majoritária, faltando apenas definir qual local será. A senadoria ou a vice-governadoria” – informou.

O parlamentar acrescentou que os peemdebistas vão tratar sobre esse tema com o governador Wellington Dias no próximo ano com cautela, tranquilidade e seriedade. Para ele, o importante é fazer uma chapa competitiva que leve o governador a ganhar a sua reeleição.

Saída da base

Questionado se o PMDB ficar fora da chapa majoritária poderá deixar a base do governo, o deputado Severo Eulálio disse que é prematuro falar sobre o assunto. “O compromisso que o PMDB fez com o governador foi de participar da administração e também de votar em 2018 com a intenção de indicar o candidato a vice na chapa encabeçada por Wellington Dias” – afirmou.

Segundo o deputado Severo Eulálio, isso foi feito lá atrás, quando o governador convidou o PMDB para fazer parte de sua base. “Acreditamos que no próximo ano tudo será resolvido. O governador vai coordenar as conversações com todos os partidos aliados e tenho a convicção de chegaremos a um bom termo” – previu.

Para o deputado Severo Eulálio (PMDB), é natural que todos os partidos queiram crescer, participar da chapa majoritária. Porém, o que os líderes devem tentar é fazer o máximo para que a chapa do governador Wellington Dias (PT) se consolide e fique cada vez mais forte e assim consiga a vitória em 2018.

Mais conteúdo sobre: