Teresina - PI

"Só tenho a agradecer ao povo", diz Dr.Pessoa sobre 1º lugar em pesquisa

"Isso me honra muito. Só tenho a agradecer ao povo que a cada dia mostra que aprova o nosso trabalho. Obrigada Teresina”, disse o emedebista.

Germana Chaves
Teresina
06/12/2019 08h07 - atualizado 09h15

O GP1 conversou com o pré-candidato à Prefeitura de Teresina Dr. Pessoa (MDB) que, na pesquisa divulgada pelo Instituto GP1 nesta sexta-feira (06), apareceu na dianteira com 33,7%. Ele disse que agradece muito ao povo teresinense que vem demonstrando apoio ao seu nome na corrida pré-eleitoral.

“Sem dúvida alguma é mais do que agradável. É bom saber que continuo tendo um excelente desempenho com os teresinenses que me colocaram em primeiro lugar mais uma vez. Isso me honra muito. Só tenho a agradecer ao povo que a cada dia mostra que aprova o nosso trabalho. Obrigada Teresina”, disse o emedebista.

Dr. Pessoa também destacou a idoneidade do Instituto GP1. “Gostaria de parabenizar o Instituto GP1 que inicia esse trabalho. Posso dizer que eu confio pela conduta que vocês sempre tiveram comigo, bem como com todos que podem acompanhar vocês”, disse o pré-candidato.

  • Foto: Alef Leão/GP1Dr. PessoaDr. Pessoa

A pesquisa mostrou o secretário de Segurança Pública do Piauí, Fábio Abreu (PL) em segundo lugar com 17,8%. A surpresa foi o aparecimento, em terceiro lugar, do ex-prefeito da Capital Sílvio Mendes (sem partido). Ele alcançou a marca de 15,4%, mesmo assegurando que não pretende ser candidato em 2020.

Dr. Pessoa também comentou a colocação de Sílvio. “Nós últimos dias nós temos percebido uma grande movimentação acerca do nome do ex-prefeito. Talvez isso esteja refletindo”, arrematou Pessoa.

Demais pré-candidatos

O pré-candidato do PT, Fábio Novo, aparece logo em seguida na pesquisa em quarto lugar com 5,6%; seguido do ex-deputado Silas Freire (PRB) com 4,7%; Georgiano Neto (PSD) 2,8%; Kleber Montezuma (PSDB) com 2,0%; Fábio Sérvio (PROS) 1,6%; Evandro Hidd (PDT) 1,4%; Lourdes Melo (PCO) 0,6%; nulo ou branco 12%; não sabe 1,9% e não respondeu 0,5%.

NOTÍCIA RELACIONADA

Instituto GP1: Dr. Pessoa 33,7%; Fábio Abreu 17,8% e Sílvio Mendes 15,4%