Teresina - PI

Solenidade abre ano judiciário do Tribunal de Justiça do Piauí

A cerimônia marca o início das atividades dos poderes Judiciário, Legislativo e Executivo no estado.

Jonas Carvalho
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Bárbara Rodrigues
Teresina
20/01/2020 12h47 - atualizado 12h48

Abertura do ano judiciário do Tribunal de Justiça do Piauí

Em solenidade realizada no Plenário do Tribunal de Justiça do Piauí, na manhã desta segunda-feira (20), em Teresina, teve início o Ano Judiciário de 2020. A cerimônia marca o início das atividades dos poderes Judiciário, Legislativo e Executivo no estado.

O presidente da Casa, o desembargador Sebastião Ribeiro Martins, destacou os trabalhos desenvolvidos mesmo durante o período de recesso, iniciado em dezembro de 2019. No entanto, de acordo com ele, ‘o judiciário não para’.

“O poder judiciário não para. Desde o dia 20, quando se iniciou o recesso forense, temos o plantão com juiz de direito e com desembargador. A qualquer momento o cidadão piauiense pode procurar a Justiça, pois tem juiz ou desembargador de plantão. Hoje 20 de janeiro acaba os prazos que estavam suspensos, hoje é a abertura oficial dos poderes judiciais do Piauí. Nessa semana funciona todas Câmara Cíveis, Criminais de Direito Público e o Tribunal Pleno”, enfatizou o Sebastião Ribeiro Martins.

Presente na solenidade, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), afirmou que espera ‘harmonia’ entre os três pilares do Governo e o cumprimento dos ‘planos’ idealizados para o ano de 2020.

“Estamos abrindo o ano com os três poderes: o Tribunal de Justiça, o Poder Judiciário, a Assembleia Legislativa, o Executivo. E primeiro lugar numa demonstração daquilo que prescreve a nossa constituição, a harmonia entre os três poderes. E todos nós sabemos também da nossa responsabilidade. Fizemos um plano juntos para o ano de 2020 com independência, mas cada um tendo um compromisso que tenha haver com o desenvolvimento do Piauí”, finalizou o Chefe do Executivo.