Política

Suplente de vereador Renato Berger confirma ida para o PSD

"Sim, vou (me filiar ao PSD)", confirmou Renato Berger.

Germana Chaves
Teresina
28/06/2019 10h26 - atualizado 10h36

O suplente de vereador Renato Berger (Podemos) 'bateu o martelo' e decidiu se filiar ao PSD do deputado estadual Georgiano Neto posto como pré-candidato a prefeito de Teresina. A informação foi dada ao GP1 por Berger nesta quinta-feira (27).

"Sim, vou (me filiar ao PSD)", confirmou Renato Berger. Na oportunidade, ele ainda revelou que a filiação ao PSD deverá ocorrer somente no próximo mês.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Renato Berger será candidato a deputado federalRenato Berger será candidato a deputado federal

"A filiação ficou para ser definida mês que vem", acrescentou Berger.

Reclamação

Renato reclamou do Podemos, seu atual partido. Ele alegou que estava sendo desprestigiado e que não havia uma articulação política para 2020 que o contemplasse.

PSD adversário de Firmino

Berger, que passou anos na base aliada do prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB), decidiu fazer um desabafo ao declarar que foi descartado pelo tucano ao ser tirado do comando da Secretaria de Esportes e Lazer (Semel) da Capital.

A estratégia foi para acomodar o PP do senador Ciro Nogueira na pasta. Ao final, o suplente alegou que o prefeito descumpriu acordo de alocar os dois primeiros suplentes de cada partido aliado, o que acabou não ocorrendo após deixar a Semel.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Elmano Férrer diz que não tem nada a oferecer a Renato Berger

Renato Berger diz que foi descartado pelo prefeito Firmino Filho

Mais conteúdo sobre: