Juiz de Fora - MG

Suspeito de esfaquear Jair Bolsonaro é preso em Juiz de Fora

Ele foi identificado como Adélio Bispo de Oliveira, 40 anos e é natural de Montes Claros.

Débora Dayllin
Teresina
06/09/2018 17h04 - atualizado 17h53

Um homem identificado como Adélio Bispo de Oliveira, 40 anos, foi preso pela Polícia Militar suspeito de esfaquear na tarde desta quinta-feira (06), o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) durante ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Adélio é natural de Montes Claros, e segundo informações da polícia mineira ele foi detido logo após o crime. Ele foi espancado por populares e está muito machucado. O suspeito foi encaminhado para a sede da Polícia Federal da cidade. Um inquérito foi aberto para apurar a tentativa de homicídio.

  • Foto: Fábio Motta/Estadão ConteúdoSuspeito de esfaquear Jair Bolsonaro foi preso pela Polícia MilitarSuspeito de esfaquear Jair Bolsonaro foi preso pela Polícia Militar

Bolsonaro estava sendo carregado nos ombros por um apoiador de sua campanha, fazendo corpo a corpo com eleitores, na região do Parque Halfald. Enquanto ele acenava para os simpatizantes de sua candidatura, uma pessoa que foi identificada como Adélio, se aproximou dele e, supostamente, deu uma facada no presidenciável. O candidato foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa de Juiz de Fora.

Mais conteúdo sobre: